quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

A PRIMEIRA DO ANO...

Acabei de receber uma mensagem de José Manuel F. Vaz (que sinceramente não me lembro quem é) desejando para todos nós um bom ano. Alguém se lembra ?

Aqui está 2015. O novo ano! Espero que seja melhor do que 2014. Que ele nos dê muita saúde para todos nós e respectivas famílias e que a nossa condição de vida seja melhor.

Para começar, aqui vai um poema do nosso camarada de guerra Sá Flores (invisual D.F.A.). Poema extraído do seu livro "Mendigos da Vida" editado pela Chiado Editora.

Que bom
é o amor.
Que bom 
é o amar.
Que bom
é sentirmos seguro
aquilo que ninguém consegue separar.
Que boa 
é a compreensão.
Que bom
é sentir que amamos.
Que bom
é sentirmos a reacção 
da pessoa de quem gostamos.
Que bom
é sentir a vida.
Que bom
é não deixar
que o mal que alguém nos faz
nos possa a vida parar.
Que bom
é olhar em frente.
Que bom
é ter noção
que existe boa e má gente
que existe bondade e traição.
Que bom 
é saber vencer
as forças da crueldade
e presente sempre ter
as manhas da falsidade.

Que triste
é quando alguém,
com a sua habilidade,
nos rouba tudo o que temos
e nos deixa sem podermos
gozar a nossa felicidade.

                                                        Espero que gostem. Para todos em geral, um bom Ano Novo.

                                        

                             


Para todos em geral, um abraço e um bom ano 2015.

SANTA









Sem comentários:

Enviar um comentário