* * * * Sábado, 20 de Maio ==> Convívio anual da "BRIOSA" 2415 em Montemor-o-Velho * * * *

quinta-feira, 1 de julho de 2010

EM MISSÃO DE SAUDADE.......... tristeza não tem fim!!!!

Obrigado Amigo Soares pelas amáveis palavras.
Gostaria realmente de ser mais prestável, de poder alimentar o blog "em directo", mas é missão impossivel. Estou neste momento em Nampula, meu QG, de onde me desloco, quando possivel, na companhia do meu  grande amigo João Gonçalves, guiando um potente Jeep, actualmente aqui residente, e que pertenceu à CCAÇ.2470 (ver em Outros Sites: Batalhão 2863), que também por aqui penou  a 100%nas zonas de Fingoé e outras tantas.
A ele e à sua Manela o meu eterno reconhecimento por tão grande simpatia.
Ao dizer missão impossivel é exactamente assim. Às vezes mais valia usar um RC9 do Moreira, tal a lentidão da internet que por aqui se usa. Chega a desesperar.  Já fiz várias tentativas para lançar no blog a "reportagem fotográfica" que fiz há dois dias atrás em António Enes (Angoche), mas sem qualquer èxito. Uma vez mais estou a tentar, agora vou experimentar encurtar o numero de fotos, em vez de lançá-las todas, seguem 3 ou 4 de cada vez.  Quem sabe os deuses ajudem!
A próxima deslocação, em breve,  será para a zona de Vila Cabral (Lichinga). Até lá tentarei despachar todo o material fotográfico que tenho em mãos.
O titulo "Em missão de saudade" (Do Soares) ............. tristeza não tem fim!!!  (canção com letra de Vinicius de Moraes), creiam, sinceramente, que foi como fiquei ao deparar o estado lastimoso/ruinoso em que  aquela localidade se encontra.  É dificil encontrar palavras para uma descrição real.   A fotos falam por si.
 

Na picada de Nampula para António Enes (aprox. 220km) na zona do Liupo.


No cruzamento das 5 Estradas (metade alcatrão e metade picada). Um cruzamento para Nacala, outro para Nampula, outro para Quinga, outro para Mongicual e outro para Antonio Enes.
Antonio Enes à vista
No nosso tempo foi uma das fabricas de caju (à entrada do lado esquerdo)


Pormenores da mesma fabrica destruida.

Outra fábrica (Angocaju) do lado direito em funcionamento.


Inicio da Av. Principal com o mar ao fundo. Vê-se carradas de terra a invadir o alcatrão para lembrar que estamos em África
Fotografia do mesmo local
A meio da mesma Avenida, Vê-se ao fundo o actual Millenium que antigamente era o BNU.
 
Aqui é a entrada para o Bar e o Cinema do antigo Clube Desportivo de Antonio Enes, agora transformado em SCA (Sporting Clube de Angoche)

Á frente do SCA




Lado de fora do muro do campo de futebol de salão. Veja-se a qualidade dos grafites!!

Bilheteira e porta de entrada para o recinto

O campo onde tivemos noites de gloria e as bancadas ao fundo onde a alta sociedade de A.Enes se pavoneava! Pode ver-se que no piso de cimento cresceu capim!!
No cais ao fim da Av. Principal onde os barcos iam carregar o caju
existe um cemiterio de barcos para a sucata!!

13 comentários:

  1. e mto triste !!!! invade me uma nostalgia e imensa saudade minha amada terra [antonio enes]

    ResponderEliminar
  2. acredita me ficava imensa grata se tenta se por as fotos todas, assim mesmo de longe matava as saudades

    ResponderEliminar
  3. Acredite que estou com algumas dificuldades para interpretar o ultimo comentário acima. Se tentar ser mais explicito talvez possa compreender o que pretende e, se estiver ao meu alcance, concerteza que terei todo o prazer em colaborar.

    ResponderEliminar
  4. ola amigo, eu apenas queria fAzer o pedido de se tiver mais fotos de antonio enes agradecia que coloca se neste SITE. OBRG.

    ResponderEliminar
  5. gostei bastante de rever estas paragens, praticamente nao as reconheco, estive en Antonio Enes ate ao fin du mes de Marco 1975, entreguei minha cama a um camarada pertencente a Frelimo, meu nome
    Jose Machado 1 Cabo Cavalaria
    jmach2000@gmail.com

    ResponderEliminar
  6. a alta sociedade de angoche, como diz, nao ia ver os jogos de fut.salao, eram pessoas k viviam intensamente o desporto e eu fui um dos que dei cimento e trabalhei para que fossseuma realidade.A alta sociedade ficava sentada nas mesas do clube, mas a crtiticarem quem ali jogava.Cumpts. M.Jose

    ResponderEliminar
  7. Sr. M.José é um prazer saber que é um dos seguidores deste blog. Tive o privilégio de voltar, passados tantos anos, a Antonio Enes (hoje chamada Angoche)e a outros locais e foi muito gratificante relembrar os bons momentos ali passados durante alguns meses antes do regresso à "metrópole". Realmente era uma cidade encantadora e que tinha um futuro de enorme desenvolvimento à sua frente para bem da suas gentes. Foi uma tragédia tudo o que veio a acontecer. Perderam todos, portugueses e moçambicanos.
    Era uma cidade onde, para além das grandes noitadas de futebol de salão que prendia imensa gente, também fiz algumas amizades, destacando duas. Uma delas com um indiano, empresário na área do caju, do qual já não recordo o nome. Pessoa simpática e afável sempre disponivel para "alinhar"!
    A outra, o grande não só em peso e altura mas principalmente em amizade, o célebre XAI-XAI. Assim era conhecido por todos. Homem da construção civil, sempre com o camião nas mãos. Como eu apreciava/admirava aquele Senhor, além da enorme simpatia da sua esposa e do seu filho ainda quase criança naquela altura.
    A sua presença irradiava doses enormes de alegria contagiante. Acreditem, foram os melhores momentos de Moçambique.
    Após a chegada maciça dos antigos colonos a Portugal ainda esbocei uma ou outra tentativa para encontrar aquele amigo, mas sem êxito. Perdi-lhe definitivamente o rasto.
    Caso o Sr. M.José saiba a quem estou a referir-me poderá informar-me algo mais sobre aquelas pessoas? Ficar-lhe-ei muito grato, acredite.

    ResponderEliminar
  8. Peço desculpa por utilizar o blog.
    encontrei-o sem crer e como falava de Angoche e do Inguri a curiosidade levou-me a ler.
    Consequentemente encontrei um comentário de muito meu agrado do Américo Artur Castro sobre o Xai-Xai e familia.
    Eu sou o filho e gostaria de entrar em contacto com o Artur.
    Deixo o meu contacto: 965855060
    Mais uma vez as minhas descculpas.
    Obrigado e cumprimentos.

    ResponderEliminar
  9. fico contente por se encontrarem senão eu mesma o adicionava ao Xai-Xai bjs

    ResponderEliminar
  10. Caro Américo Castro,Estou a digitar talvez em duplicado o anterior desapareceu.
    Mais uma vez venho solicitar a autorização para poder usar as vossas fotos, desta vez não é para o Blogue de Militares de Moçambique no Face, mas sim para um pequeno vídeo sobre Angoche ( a nossa António Enes).Este vídeo será disponibilizado para o vosso Blogue assim como na minha página no facebook de imagens de Africa.
    Aguardo uma resposta Sua e obrigado pelo excelente trabalho, um abraço.
    fica aqui o link.
    soaresferreira@live.com.pt

    https://www.facebook.com/#!/pages/Imagens-de-%C3%81frica/174253606005077

    ResponderEliminar
  11. Amigo, É com todo o prazer que tem da parte dos moderadores do nosso blog autorização para usar as fotos a que faz referencia.
    Qd. possivel dê-nos a conhecer então o V/trabalho. Disponha sempre. Abr. A.Castro
    PS. - Será que conhece o blog bastante activo dos ex-residentes de António Enes chamado "Associação de Ex-residentes no Parapato"? Aconselho-o a visitar é bastante interessante.

    ResponderEliminar
  12. sera que o coments acima nao esta a referir do amirali remtula?ele era comerciante de caju, e ja feleceu em 1996,, de coracao

    ResponderEliminar
  13. sera que o comentario acima mencionado sera do amirali remtula?ele era comprador de castanho de caju o estabelimento era na rua quem vaia praia de tamole e farmacia

    ResponderEliminar