terça-feira, 23 de junho de 2009

Noite trágica de S. João

foi a nossa de há 40 anos, em que o
Joaquim Marcelino
não resistiu aos ferimentos ocorridos no ataque ao acampamento do Luatize, a que acabávamos de chegar vindos de Vila Cabral. Aqui fica o preito da nossa homenagem.




Sem comentários:

Enviar um comentário