terça-feira, 9 de agosto de 2011

VOLTAR AO PASSADO

Por:  F. Santa   

A Espingarda Metralhadora G3 / 7,62 mm era, na altura da Guerra Colonial, a nossa querida companheira, a menina dos nossos olhos. Era uma arma automática, que podia disparar com uma rapidez incrível. Era usada mais frequentemente na posição “Tiro a Tiro”. Podia também ser usada como lança granadas. Como? Adaptando-lhe no cano uma peça com o nome de “DILAGRAMA”. Nesta peça era fixa a granada e que era disparada com um cartucho especial: “Pólvora sem projéctil“.

MAIS UM RETRATO DA FAMOSA G3:

E ERA ASSIM O " DILAGRAMA" :


De seguida vão duas fotos do meu tempo de recruta em Santarém. Foi aqui que tudo começou. Pode ser que alguém se reveja aqui, se assim for, pode contactar-nos.




...ooOOoo...
  Mais uma foto histórica. Local? Lione e, segundo julgo, são os nossos famosos mecânicos e não o menos famoso Joaquim Maluco de saudosa memória, aquele que parece estar apertar qualquer coisa na roda da Berliet. Grande condutor de picada!







Até  á próxima com um abraço do Santa.

Sem comentários:

Enviar um comentário