sábado, 19 de março de 2011

OLÁ MALTA!

 Por: F. Santa

Neste tempo húmido e cinzento, ouvindo a chuva a cair, qual nostalgia me invade. Sentado ao computador (que é  para mim um bicho de sete cabeças), ponho-me a saltitar de site em site de outros camaradas nossos vendo fotos (principalmente de Moçambique), e fico anestesiado com as mesmas, vindo à memória todo um passado que por momentos se torna presente, e em certas situações um pouco de desespero na memória. Parece-me também, que muitos sites sofrem da mesma doença (é a minha opinião) isto é, ausência de participação no relato das histórias vividas na guerra. Será que a cura desta doença é assim tão difícil? É que desta doença também o site da 2415 sofre. Senão vejamos. Já enviei tantas fotos (e vou enviar mais) sem história contada da minha parte, onde pergunto se alguém sabe onde foi, o que se passou, em que circunstâncias, e nada... Das duas, uma. Ou vêem e estão-se nas tintas, ou então estão esquecidos! Sendo assim cá vai mais uma:

 Volto a fazer novamente a pergunta. Alguém sabe onde foi isto? Eu só sei (se não estou enganado), que é o Sintra o J. Rodrigues e o Sines, já falecido. É assim? A propósito: Sintra, estamos à espera do prometido! 

Já  agora, gostava que o nosso camarada Tomé  que está nos E.U.A e que de certeza visita  o nosso site, arranjasse um pouquinho de tempo para dizer olá! Cá fico à espera. Manda uma foto tua para agente ver como é que estás! 




 Fez recentemente (dia 15) 50 anos que começou a Guerra do Ultramar, outros chamam-lhe Guerra Colonial mas seja o que lhe queiram chamar, foi uma guerra, e tudo o que se possa dizer sobre ela, é  que foi injusta e causou mais de 8.000 mortos e mais de 15.000 feridos que ficaram portadores de deficiências. Isto é que é a verdade que muitos não querem assimilar!
Nesse dia estive num colóquio  cujo tema foi: A LUTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL E A GUERRA COLONIAL EM ANGOLA, MOÇAMBIQUE, E GUINÉ. Estiveram presentes o Coronel do Exército, Carlos Matos Gomes, ex-combatente em Angola, Guiné e Moçambique; investigador de história militar, escritor, e argumentista de cinema e televisão. Esteve ainda Julião Soares de Sousa, Doutor em História pela Universidade de Coimbra, representando a FLNA. Foi interessante o debate, mas em alguns presentes ainda houve um pouco de saudosismo. 


 Um abraço para todos em geral do Ex. Furriel Santa

.

Sem comentários:

Enviar um comentário