sexta-feira, 9 de abril de 2010

“FARINHA NA PICADA”

Por: F. Santa

Sobre a nossa estadia em Moçambique, muita coisa haveria para escrever se todos tivessem um pouco de vontade de participar no nosso “Site” e por palavras simples contar as peripécias que lá se viveram, pois só para dois ou três torna-se difícil mantê-lo activo.

Estou agora a lembrar-me de um episódio que se passou na picada entre Lione e Chala, que bem se podia dar o título: "De Negros passaram a Brancos”. Íamos fazer uma coluna entre estas duas localidades, tendo já nesta altura a Berliett completamente cheia com víveres e nós, veio alguém dizer que era preciso levar para Chala quatro sacos de farinha, mas os mesmos já não cabiam na Berliett. Foi então que o “Joaquim maluco” (de saudosa memória) teve uma ideia genial! Atrelar á Berliett um atrelado que pertencia a um jipe, para transportar os ditos sacos de farinha. Assim se fez. Depois de tudo concluído e para completar a carga, foram empoleirados em cima dos sacos de farinha quatro habitantes da aldeia do Langa que queriam ir para Chala. Depois de algum tempo de viagem a uma velocidade à Chico Maluco, deu-se o inesperado. Havia um grande buraco no meio da picada. Como a Berliett era mais larga de rodados, o buraco não causou qualquer efeito, já o mesmo não se passou com o atrelado do jipe, pois a largura entre rodados era mais estreita. O que se passou? É que o atrelado acertou em cheio no buraco dando uma cambalhota espalhando farinha para tudo quanto era lado! O resultado foi hilariante. Os Negros  ficaram brancos. Depois de sabermos que nenhum deles se tinha aleijado, foi a risada geral perante tal episódio! Depois de tudo recomposto, iniciamos viagem sem outros contratempos. Chegados a Chala, este assunto foi conversa durante algum tempo para gáudio de todos.

      Camaradas. O dia 1 de Maio está a chegar. Não me desapontem. Espero por vocês embora reconheça as dificuldades que hoje existem. É mais um sacrifício, mas desta vez é daqueles que vale a pena, não me desapontem! Já fomos audaciosos, que o sejamos agora também!

 

                        Cá fico à vossa espera!
                        Um abraço para todos do Santa.
                     

Sem comentários:

Enviar um comentário