COVID-19 : Link da DIRECÇÃO GERAL DE SAÚDE

Linha SNS24 : 808 24 24 24
.

sábado, 28 de março de 2020

A SAGA CONTINUA...

Hoje é só para dizer isto: Vendo as notícias e o que se passa na Ponte 25 de Abril, os loucos andam à solta.Onde estão as multas? É crime ou não desobedecer ás leis que foram impostas? É sempre o mesmo, leis e mais leis e depois o que é que acontece: nada! Isto que vou contar, passou-se numa grande superfície. Uma senhora, já dos seus 50 e tal anos, não estando à distância recomendada a empregada de caixa chamou-a para a avisar . Resposta da senhora: Ó menina, para quê tudo isto? Ainda morreu tão pouca gente em Portugal para quê tudo isto, diga-me? Respondeu a menina: pois é minha senhora, se forem todas como a senhora, vai morrer muito mais gente! Palavras para quê? É um cidadão português sem respeito pelo próximo. Vamos ver amanhã e nos próximos dois fins de semana, se ainda vai muita gente à farmácia ou vir do trabalho...  Engana-me que eu gosto!Levantar já o estado de emergência, como se costuma dizer: vai ser o fim da macacada! Cá estou para ver. O pico era em Abril agora já passou para Maio. Muita atenção! O filme segue dentro de momentos...


      Uma braço com saúde para todos e mais uma vez, fiquem em casa.

                                                    SANTA



quinta-feira, 26 de março de 2020

POR FAVOR. FIQUEM EM CASA...

POR FAVOR. FIQUEM EM CASA... É isto mesmo! Não podemos continuar a desobedecer às autoridades por não serem cumpridas as regras que nos foram impostas para nosso bem. Vi aquelas imagens de Domingo passado e fiquei estupefacto. Perguntei para mim mesmo: o que é que aquelas pessoas têm na cabeça? Será areia ou cérebro de plástico? Sim, as  pessoa que não vêem o perigo que enfrentam e o que podem causar aos outros não podem ter cérebro. Não passa de um acto criminoso. Que essas pessoas pensem naqueles que dão a vida nos hospitais para salvar  as pessoas infectadas. Pensem que são pessoas sujeitas a contrair a doença e não deixam de dar tudo trabalhando horas seguidas sem verem as famílias  e muitos sem condições de trabalho. As pessoas que passeiam a seu belo prazer, pensem que também elas estão à mercê do vírus e destes  profissionais de saúde. Mas porquê? Só acontece aos outros? Ponham-se de molho... o vírus pode bater-vos a porta quando menos esperarem ao ter este comportamentos de risco. O que vos peço ao cabo e ao resto, é que tenham vergonha, respeitem o pessoal de saúde e aqueles que estão em casa a cumprir com o seu dever. Para os profissionais de saúde, daqui do nosso blog, vai o agradecimento mais sincero para todos eles e que tenham muita força para enfrentar o que ainda está para vir. Não é fácil. E para quem não os respeita, da minha parte vai o desprezo. Não parecem seres humanos.
O resto já sabemos como é. O governo diz que nos hospitais não falta nada e nem faltará. Os profissionais de saúde, dizem que lutam com falta de muita coisa. Em quem acreditar? Pela minha parte, acredito sim nos profissionais de saúde. Já não vou falar nos Lares de Idosos. Não tenho coragem... é angustiante. Pessoas que já deram tudo na vida por este país e agora fazerem parte do esquecimento...

     Vamos esperar o que isto vai dar. Não parece estar fácil. Vou terminar, para que no próximo fim de semana as pessoas já tenham aprendido a ser educadas e a respeitar as medidas impostas para salvaguarda de todos. Para quem não respeitar, só à uma coisa a fazer: aplicar a lei.

   Por hoje é tudo. Desejo a todos uma santa paz e muita saúde, não só para os que estão em casa, mas também para aqueles que mesmo assim ainda trabalham. Vamos vencer!

                               " NÃO SE ESQUEÇAM . FIQUEM EM CASA"

                Com um grande abraço me despeço e mais uma vez, muita saúde para todos.

                                                                       SANTA

                                                        

segunda-feira, 23 de março de 2020

SAUDADE...

Saudade, é uma palavra bem portuguesa. Saudade, é o que sentimos nós deficientes e amigos do nosso saudoso Presidente da Delegação de Coimbra da A.D.F.A.. Pertencia à família militar mas uma família especial: à família que andou na guerra e ficou deficiente. Como já foi atrás notícia no nosso blog do seu falecimento, hoje achei por bem publicar um artigo do nosso camarada Bastos que saiu no nosso Jornal o "ELO"com o titulo :GIRÃO. Por achar o artigo tão bem escrito, achei por bem que fizesse parte do nosso blog.

  
                                                                    M. Bastos

                                          

Nada mais por hoje, um grande abraço com muita saúde para todos e fiquem em casa!

SANTA

segunda-feira, 16 de março de 2020

CANCELAMENTO DO ALMOÇO/CONVÍVIO



SEMPRE A MESMA COISA...

É mesmo! Sempre a mesma coisa. É preciso morrer alguém para depois se actuar. Como é possível as fronteiras ainda estarem abertas? Entra quem quer e lhe apetece. Ainda hoje de manhã, vi na Televisão, salvo erro na fronteira de V.Real de Santo António, um carro com turistas russos a bordo que declaram que andavam em passeio e tinham acabado de visitar algumas cidades de Espanha. Depois de interpelados lá continuaram mas agora de passeio para Portugal! O que é isto? Onde está a responsabilidade deste PAÍS? Estavam contaminados? Não estavam? Vamos lá saber... Aeroporto de Lisboa e Porto sem qualquer tipo de segurança para quem neles transita, fronteiras totalmente abertas sem qualquer repressão. Mas o que é isto? Agora, que já morreu alguém, já se fala em encerrar as fronteiras, não haver vôos para Espanha, já se fala também em decretar o "Estado de Emergência", é uma maravilha. Mais uma vez, o velho ditado Português: " DEPOIS DA CASA ROUBADA; TRANCAS Á PORTA".
Embrulham, embrulham, até que se decida o que se deve decidir. Tomam-se medidas com dias ou semanas de atraso. É hoje? É amanhã? Não. Se calhar depois de amanhã ou talvez para a semana que vem...Será que somos mais espertos que os outros? É a velha máxima Portuguesa! Deixa andar que logo veremos! ´
Já agora uma coisa engraçada. Eu não sabia que o CORONAVIRUS, tinha horário de entrar ao serviço! É que o Governo, mandou fechar certas cisas a partir das 21 Horas. Mas até ás 21 horas o vírus não trabalha? Dá que pensar! 

Meu povo. Já assim dizia o outro. Tenham cuidado, isto não está para brincadeiras. Respeitem tudo o que for recomendado pela Direcção Geral de Saúde. Ao cuidar-mos de nós estamos também a cuidar da nossa família. Se cada um de nós tiver cuidado e trocar as voltas ao vírus é uma forma de o poder vencer, desprender-mo-nos das amarras a que ele nos obriga a estar amarrado, e depois? Depois de desamarrados, então sim, para que possamos VOLTAR A SER FELIZES".

Quanto ao almoço da Companhia de Cavalaria 2415, entendo que não se deva fazer este ano derivado à situação em que o País se encontra.. É de lamentar, mas a força das circunstâncias assim obrigam, pois é muito em cima de toda esta "pandemia". É bom para todos nós e para as nossas famílias e para todos os outros que nos rodeiam. Fazemos votos para que todos continuem com saúde e que para o ano já esteja tudo ultrapassado, então sim.: estaremos novamente juntos para relembrar a "odisseia" da 2415 na Guerra Colonial.

    Sendo assim, desejo a todos vós e ás vossa famílias um óptima semana com muita saúde. Faço votos par que este maldito "intruso" deixe de se meter na vida de cada um...

  Com um grande abraço
     
                                                          SANTA

quinta-feira, 12 de março de 2020

RIDÍCULO...


Chega a ser ridículo o que se houve de certas pessoas sobre a situação em que o país se encontra por causa do CORONAVÍRUS. Existem pessoas que não sei o que têm na cabeça. Para mim deve ser areia! Brincam como se nada de mal pairasse sobre as suas cabeças. Algumas pessoas, não fazem nada dos concelhos que são dados para colmatar a propagação do virús e ainda gozam com as outras pessoas que tentam para que isso não aconteça. Fiquei perplexo, quando vi na televisão uma festa em honra do vírus, salvo erro num restaurante. Os que nela participaram são os nossos homens e mulheres do nosso futuro! Que futuro? Outros foram para a praia! Encheram a praia como tudo estivesse normal. Só podem ser loucos! Julgam que só acontece aos outros? Esperem pela volta. Depois é o velho ditado:" Depois da casa roubada é que se trancam as portas?". Na minha cidade, as aulas na Universidade foram encerradas como em mais alguns estabelecimentos. Para quê? Se as concentrações continuam, as discotecas continuam abertas os cinemas também etc, etc... E já agora, para que é esta correria aos supermercados? Será que aqueles que o fazem só pensam neles? E os outros? E se fosse ao contrário? Pois é, como diz a da telenovela: Inteligência pura!!!
Sendo assim, vamos esperar para que os próximos dias nos tragam melhores notícias, pela minha parte estou com muito medo. Espero que o nosso Governo tome medidas mais radicais e para aqueles que não as cumpram, que se aplique a lei. É que assim, pode ser que aprendam e que respeitem aqueles que não querem o maldito virus no seu corpo nem dos seus familiares. Será que estas pessoas não pensam nos filhos? Mas a saúde não está primeiro? Não será ela um dos bens mais preciosos que temos? Para quê então deita-los fora? É só uma questão de pensar e ser inteligente!

  O nosso blog, deixa um apelo a todos: Agora que estamos a entrar na fase de  "Mitigação" que é a transmissão local do virús em ambiente fechado e transmissão comunitária, pensem na vida. Ela é o néctar da nossa existência. Por isso vamos todos lutar para que este virus (ou outros que apareçam) não nos mate e depois de o derrotar-mos  então sim, fazemos a festa e voltar à normalidade que é viver o nosso dia a dia em paz.

                                                          Saúde para todos.

                                                                SANTA

sexta-feira, 6 de março de 2020

MAIS UM MOMENTO DE TRISTEZA...

Pois é. A vida que é vida, ela própria se apaga e prega-nos momentos de dor e tristeza. Desapareceu mais um colega da guerra, não da nossa companhia mas Deficiente das Forças Armadas. E é notícia no nosso blog pelo simples facto de já ter entrado nele através de inventos da Delegação de Coimbra. Deixou-nos o Presidente da Delegação JOSÉ SOLES GIRÃO. Como andou na Guerra como nós andamos, o nosso blog não podia ficar indiferente ao desaparecimento de um homem que ao lado do Comendador José Arruda, lutou por todos aqueles que ficaram maltratados com as deficiências da Guerra. Um homem lutador, que pôs muitas vezes a família de lado (no bom sentido) para lutar pelas causas dos deficientes. Um homem que ajudava todos aqueles que através da Delegação recorriam a ele.

  A Delegação de Coimbra os seus órgãos e associados, deixam a sua gratidão por tudo aquilo que fizeste em prol dos Deficientes das Forças Armadas. Deixamos também, as condolências à Esposa filhos e restante família. Nunca te esqueceremos. 

                                                   Que a tua Alma repouse em Paz .




SANTA

sábado, 29 de fevereiro de 2020

HOJE É SÁBADO...

É verdade. Hoje é Sábado! E por ser Sábado, levantei-me um pouco mais tarde. Surpresa! Depois de uns dias de calor, estava a chover. Depois da higiene feita e do pequeno almoço, perguntei a mim mesmo o que iria fazer, pois para o meu pequeno quintal nada poderia fazer graças à chuva! Ideia puxa ideia e lembrei-me de pegar nas pastas da minha vida militar e recordar. Sim. Tenho três pastas com fotos desde que entrei para a tropa até quase aos dias de hoje. Digo até aos dias de hoje, porque parte dos artigos do início do blog até 2016-17 fazem parte dessas pastas bem como os almoços convívio e algumas fotos dos mesmos. Tudo isto, fica para memória futura. Já não fazia isto à muito tempo e acabou por ser um bocado bem passado! Desfolhando folha a folha, ia pensando comigo mesmo: que raio de vida tinha a juventude do meu tempo. Que gozo tinha eu e os jovens da minha altura estar na tropa e olha o que nos aconteceu! Olhando para algumas fotos, claro que me deu vontade de rir outras nem tanto. Fiz intervalo para almoçar e continuei depois. A recruta e a especialidade tiveram momentos interessantes que estavam bem patentes nas fotos que estava a ver . Mas à medida que as folhas iam saltando, ia-me aproximando daquilo que iria tornar-se mais difícil: a especialidade para Cabo Miliciano com mais dureza e mais sacrifício.
Dizia eu para mim: mas eu fiz isto! Mas afinal para que serviu? Ele há coisas... É que as coisas que treiná-mos cá não serviam para o género de guerra que existia lá.
Continuando pela especialidade, pelas recrutas que dei, eis que cheguei à parte mais dolorosa: a formação de companhia para ir para a "Guerra". Mas, entretanto, chegou o meu neto que se juntou a mim para ver algumas fotos e acabou por dizer: do que a malta gora se safou! Pois é disse eu, com o sacrifício da juventude da altura até ao 25 de Abril (e o 25 de Abril, claro) serviu para que parte destas fotos se não voltassem a ver. Não te faz diferença, depois de tantos anos passados voltar a estares a reviver a guerra. Eu não. Antes pelo contrário, (falo por mim) fechando-se nas coisas como aconteceu a muitos é muito pior para a saúde mental. No principio ´quando cheguei, principalmente durante a noite, acordava levantava-me e fazia disparates como se estivesse na guerra mas libertei-me disso, despejando para fora em conversas com amigos e familiares contando cenas da guerra isto é, revive-las. Até hoje, como sabes, não voltei a ter problemas. Estava a chegar a hora do jogo da Académica e lá foi o meu neto sofrer um bocado, ele é todo da Académica mas a coisa não está a correr lá muito bem! Eu continuei até que cheguei à partida e aos dias que por lá andei (Moçambique). Revivi a viagem de barco a viagem de comboio até Catur, algumas fotos de Colunas e patrulhas enfim, era como tivesse a ver um filme. Não foi mau de todo o tempo passou depressa fechei as pastas com um sorriso. Foi bom. Como costumo dizer:"Recordar é Viver".
Isto já lá vai. Esta guerra era outra, agora as guerras são diferentes e tão diferentes são estas em que vivemos que nós não conseguimos ver o inimigo à vista desarmada. Não são só as guerras bélicas, são agora como esta que está sobre nós: o CoronaVirus! É que nós não vimos o inimigo e ele vê tão bem a todos nós. Podemos ser emboscados a qualquer momento e em qualquer hora sem poder-mos fazer nada.Não vai ser fácil derrota-lo, até lá muita gente vai ficar à sua mercê.
O tempo já vai adiantado, começou agora a chover outra vez e a noite vai caindo. Sendo assim, termino por hoje desejando a todos a continuação de um bom fim de semana com muita saúde e paz.

                                                                      SANTA

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

sábado, 22 de fevereiro de 2020

POESIA DE...

Acabei de ler o livro de poesia do meu amigo Fernando Alhau. Ao acabar de o ler, não podia deixar de citar mais um dos versos que li e que achei muito bonito.

    " O MEU LUGAR"
De olhos postos num fim,
Lá longe na eternidade.
Escolho um lugar para mim.
Lá, onde as estrelas sorriem
Onde mora a liberdade.

Mais longe que o infinito,
Pr`além do tempo esquecido.
Sonho belo e sem idade
Onde as flores não são compradas
Onde viver é verdade.

Lá, o perfume das flores
E a esperança no amanhã,
Fazem ver que a multidão
Que só corre...está parada!
Que valem tanto e ...são nada!
Pois querem comprar o amor.
E esquecem de sorrir
E avida que esta para vir.
Essa vida que me diz
Que se beijares uma flor
És capaz de ser feliz

                                Fernando Alhau

E assim termino por hoje. desejando a todos um óptimo Carnaval (para quem gosta) epara quem não gosta um óptimo Carnaval na mesma!


 Um grande abraço.

                                SANTA

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

VERGONHA!

Vergonha e desprezo por quem deu a vida por uma GUERRA INJUSTA. Já à muito tempo que o Estado Português vem tentando levar para o esquecimento a situação em que se encontram muitos dos Deficientes das Forças Armadas. Todos parecem que olham para o lado como se nada exista de mau sobre os deficientes. Não basta que sempre que visitam a Associação e profiram grandes discursos com palavras lindas e promessas. Para quê? Para depois nada fazerem? Ficando à espera que a lei da vida (morte) resolva os problemas? Sim. Já resolveu o problema de muitos! Uns com a morte natural outros com o suicídio. Os Deficientes das Forças Armadas não querem ser coitadinhos, querem ser tratados como gente. Serviram para defender as ex colónias e a agora querem fazer deles lixo! Fizeram-no com os combatentes da grande Guerra e agora querem fazer o mesmo a estes? Já no fim das suas Vidas? Não vão conseguir.
Agora, e a saga continua, são os Direitos Humanos que estão em causa. Vou transpor parte de um artigo que veio no jornal Elo, que passo a citar:
"Os deficientes Militares, cujo sacrifício na Guerra Colonial permanece nos seus corpos e mentes, no agravamento das suas deficiências, por incumprimento da Lei da República portuguesa, estão novamente a ser vítimas de uma severa privação no fornecimento de próteses, ortóteses e produtos e produtos de apoio a que têm direito. A indignação cresce com a incompreensão de uma realidade trágica: durante a Guerra Colonial nunca se esgotaram as munições, mas hoje, 45 anos após o seu fim, deixaram acabar aquilo que nos dá vida. Onde está agora o reconhecimento e a reparação moral e material de que somos credores?" Fim de citação.
Pois é. Disse uma vez o Dr. Jaime Gama, que os Deficientes das Forças Armadas, eram a prioridade das prioridades.Claro que disse. Mas o resto estava a dormir ou a olhar para o lado! Os deficientes já não têm 20 anos, tiveram 20 anos sim quando os mandaram para uma guerra injusta e lhes estragaram a vida para sempre. Não só os deficientes, mas todos aqueles que nela estiveram, pois não sendo deficientes no seu corpo também não trouxeram nada de bom. Como disse, os vinte anos já lá vão, agora com a idade mais avançada as deficiências vão-se agravando, que o digam as famílias.

Por hoje, é tudo. Esperando que da parte dos nossos governantes haja bom senso e respeito pelo ser humano, no que diz respeito aos deficientes e de todos aqueles que neste país sofrem.

 Desejo a todos um óptimo fim de semana com muita paz e muita saúde. Um abraço.

                                                         SANTA

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Declarações de GUERRA

Sempre que me é dado a conhecer literatura que tenha a ver com a "nossa" ex-guerra colonial e que me mereça toda a confiança pela sua verdade, sinto ser minha obrigação e dever dá-la a conhecer aos outros. É o caso desta excelente obra, que leva a nossa memória a 50 atrás, ainda a lembrar situações passadas e que, frases como esta, dizem tudo: "Eles conseguiam andar quilometros a sangrar".   
Recomendo a sua leitura vivamente e homenageio o seu autor Vasco Luis Curado pela ideia e dedicação à causa.






domingo, 2 de fevereiro de 2020

ADORMECIDO...

Pois é! O nosso blog está adormecido. Onde estão os meus colegas de escrita? Não quero acreditar que nenhum deles não tenha um pouco de tempo para escrever qualquer coisa... Não adormeçam, acordem... Comunicar é viver e à sempre coisas para dizer!
Este Domingo, foi muito bom. Esteve um dia de sol razoável em contraste dos últimos dias. Fui dar uma volta até ao "CHOUPAL" e respirar um pouco de ar puro (que já há pouco) junto ás margens do "MONDEGO". Ouvindo a água a cantar de pedra em pedra, os pássaros nas árvores entoando as suas melodias, e os esquilos fazendo companhia aos nossos passos, que melhor? Os meninos e as meninas passeando com os seus cães, os namorados trocando o seu beijo atrevido, outros fazendo exercícios físicos como, corridas e passeios a pé etc, etc... e ainda outro tipo de exercício: comendo o seu farnel. Por vezes é bom sair de casa para espairecer um pouco. Deixar o carro sossegado em casa (ele também precisa de descansar) e dar um pouco à perna que também faz bem. De minha casa ao choupal, ir e vir são doze quilómetros mais coisa menos coisa. Com calma e um pouco de conversa pelo caminho faz-se bem! Depois é simples: chegar a casa tomar uma banhoca e já está...E o Domingo passou em beleza.

Gostava agora, de presentear o nosso blog, com uma poesia de um amigo meu. Só uma. Tem por titulo: "CORAGEM".

Se um dia me perguntares o que tenho de valor,
O que ficou dos olhares, das viagens, dos lugares.
Os sinais que percebi.
E os que não soube entender, ou não fiz por merecer.
O que na pressa não vi,
Ou que vendo não quis ver.
O que deixei a pairar!

Do que me sei e habita, precário em mutação
Guardo cores e grãos de areia, cheiros, pele, a lua cheia,
Crescentes e minguantes.
Fiz desenhos em carvão e alguns ficaram pelo chão
Esquecidos e tão distantes!
Das penas fiz algodão,
Que pudesse carregar.

Se a sede é certo que sobra, a história foi-se escrevendo
Passo a passo, lentamente ou na fúria da torrente
Das vagas que me percorrem.
E num remanso eu cotejo a verdade e o desejo.
Que os sonhos, esses não morrem,
Renascem em cada beijo.
E eu sem eles morreria!

Já mudei o curso ao tempo e fui onde a alma alcança
Onde não supus chegar, ou sequer sonhei sonhar!
E tudo o mais tanto faz.
Ao belo, à verdade, ao bem, tua ousadia de mãe
Nas vidas que à vida dás
(E que à minha dás também).
Por quem a vida eu daria.

                               É autor deste verso, um amigo de nome Fernando Alhau. 

      Por hoje é tudo, um grande abraço para todos e uma óptima semana.

                                                              SANTA

domingo, 26 de janeiro de 2020

SAUDADE...

Fez hoje um ano, que faleceu o Comendador da Ordem de Mérito, José Arruda, presidente da Associação dos Deficientes das Forças Armadas. Faz um ano que desapareceu aquele que sempre lutou pela dignidade daqueles que vieram da Guerra Colonial com as mais variadas deficiências no seu corpo. Não quis a A.D.F.A. deixar passar em claro esta data sem lhe prestar homenagem no Cemitério Municipal de Oeiras, no Talhão dos Combatentes.
De manhã, na Capela Militar de Belém, com a presença do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, família e amigos,realizou-se uma Liturgia pelo Capelão das Forças Armadas. Seguindo-se então a homenagem no cemitério.
José Arruda. Não te esquecemos. Não te podemos esquecer. Foste aquele que nos maus e bons momentos tiveste sempre ao lado daqueles que sofreram no corpo (como tu) os horrores da guerra deixando muitas vezes a família desfalcada da tua presença. Deste tudo em vida pelos Deficientes das Forças Aramadas. Todos nós com saudades tuas pedimos para que a tua alma repouse em paz.
Um até breve Zé Arruda.

Algumas fotos da homenagem no cemitério...



Um dos filhos transportando as cinzas do Comendador José Arruda para a Capela do cemitério onde se realizou a cerimónia de homenagem.












  Talhão dos Combatentes, onde as cinzas do Comendador José Arruda ficaram depositadas.


O representante do Chefe do Estado Maior das forças Armadas, despedindo-se da Esposa  do Comendador José Arruda.

Uma boa semana para todos

SANTA




segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

AROUCA...

Hoje, é um daqueles dias que não interessa a ninguém! O vento, com a sua força destruidora, por onde passa deixa o seu rasto de destruição. Pelo menos aqui na zona de Coimbra fez alguns estragos. Agora (são quase 18 horas) parece que está a ir embora. Está tudo mais calmo.
Sendo assim, vou então publicar as fotos que dizem respeito a Arouca...




Câmara Municipal


Uma das praças



Convento de Arouca. 
  





      Fotos da queimada que o nosso grupo faz sempre no fim de ano.





Esta árvore tem o nome de "Azevinho"



Isto também é uma árvore...

E pronto! 

Um grande abraço para todos e uma óptima semana.

SANTA


sábado, 11 de janeiro de 2020

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LIVRAI-NOS DA GUERRA

Há dias atrás assisti no telejornal da SIC a uma reportagem com o nome em referência que me deixou bastante agradado, não pela questão religiosa, sim pelo conteúdo. Pelo, eventual, melindre que possa acarretar, dispenso-me de quaisquer comentários, desejo só dizer que me transportou à época e, por isso mesmo, às lembranças ainda algo frescas na memória.
Da parte da nossa Companhia, aquando da estadia em Tenente Valadim, quem não se lembra duma pequena capela que lá existia, tendo como figura principal a imagem da "Nossa Senhora de Fátima". Acho que a grande maioria de nós lá fomos ajoelhar e rezar, digo eu, sem medo de errar.
Sem qualquer dúvida corroboro inteiramente com a reportagem da SIC, aqui deixando  a foto da sua imagem que lhe tirei no interior da capela.  
   

CÁ VAI O RESTO...

Olá a todos! Cá vai o resto das fotos da "Aldeia da Pena"...











Estas imagens são do único restaurante que existe na aldeia...


Cemitério da aldeia que só tem seis campas...


Um moderno lavatório para lavar as mãos...!


Este é um ornamento que  faz parte da entrada...

Segundo me parece é um espigueiro...


Almoço...

Depois destas fotos, vã a seguir quatro ou cinco sobre Arouca.

Para todos um grande abraço e continuação de um óptimo fim de semana.

SANTA

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

HOJE É NOITE DE REIS?

Olá a todos! Hoje é dia de Reis? Já não sei nada! Ouvi ontem na televisão que o dia de Reis passa para o primeiro Domingo de Janeiro... que é assim quase em toda a  Europa. Será mesmo assim? Fico à espera da veracidade desta notícia. Queres ver que o Natal ainda vai passar para o verão?...
Sendo assim, para mim hoje é dia de Reis e que todos passem uma boa noite comendo umas filhoses umas rabanadas etc etc...
Agora, vão então algumas fotos da aldeia da pena...












Esta é a Aldeia da pena na Serra da Freita. Fica encravada num buraco da serra onde o sol a visita pouco tempo.
Para a próxima vai o resto!

Um abraço para todos

SANTA