domingo, 21 de maio de 2017

O Convívio em imagens : A chegada

Para a posteridade, eis alguns instantâneos, sem legendas ... 

Hoje, os primeiros cumprimentos e abraços:












 ("Cliquem" para aumentar ...)

 Continuará

sábado, 20 de maio de 2017

JÁ LÁ VAI...

É verdade. Já lá vai. 20 de Maio. O convívio 2017 da 2415, já passou a história da mesma. Para trás, a tristeza da despedida e até para o ano se deus quiser. Tudo decorreu bem. Pena é, que muitos não respondessem á chamada. De 86 cartas enviadas, duas foram devolvidas, 10 contactaram-me que não podiam vir. Sendo assim, 24 com as suas famílias, responderam á chamada. No total: 56 pessoas. O que fizeram cerca de 50? Calaram-se. Nem uma resposta ao menos por cortesia. Ficas-lhe bem? Não sei... Mas sendo assim, tudo correu bem, o almoço foi ótimo, e o convívio em si, foi espetacular. Foi um dia bem passado.
Brevemente, as fotos do convívio vão aparecer.

   Um abraço. SANTA.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Chegou o dia !

 Boa Viagem até aos Patinhos !
Montemor-o-Velho (Carapinheira) é o nosso destino, junto à EN 111.
 O croquis do Santa é bem esclarecedor, para quem precisar relembro as coordenadas

40°11'37"N, 8°39'34"W

40.193646N, 8.659494W

 Quem vier pela A1 deve sair no nó nr.13, direcção Montemor/Figueira, para a A14, e nesta, no nó nr. 5 , direcção Montemor . Na primeira rotunda sai na direcção Coimbra, estrada 111 e pouco depois encontra outra rotunda e o leitão à nossa espera. Bom apetite!

PARTIDA DA MARINA...

Chegados á Marina, deu-se início ao passeio de barco pela Albufeira de "ALQUEVA"
A albufeira, é o maior espelho de água da Europa.Tem uma área aproximadamente de 250 Km e um perímetro aproximado de 1160 Km. Da barragem até ao nível de armazenamento é de aproximadamente 83 km.

                                                        Iniciemos então a viagem...










Parte da barragem de "ALQUEVA"


Almoço. Fim da viagem ao "ALQUEVA"

Para a próxima, termino com o Museu da "BOLOTA" e visita a "MONSARAZ".  

Amanhã, é já o dia do nosso convívio. A todos aqueles que vão estar presentes desejo uma boa viagem, e que tragam apetite!

Um abraço para todos. SANTA.


terça-feira, 16 de maio de 2017

PASSEIO PELA COSTA VICENTINA. (continuação)

Desta vez a caminho de "ALQUEVA". 

Deixamos a costa Vicentina e vamos rumo a "Alqueva"

Ao irmos ao encontro de Alqueva, fomos visitar o Museu do Medronho. O seu nome científico é: "Arbutos unedo L. O Medronheiro é uma das espécies mais conhecidas de Portugal. Quando o fruto se encontra maduro, é apanhado para a destilação. Depois de todo um processo, dele sai as famosas aguardentes e licores de medronho.





Estas fotos, mostram parte da zona de fermentação do fruto que pode demorar de um a três meses. Depois é que vai para a destilação. Pode ver-se também, parte do grupo assistindo á explicação feita por um guia do próprio museu.



          

Esta foto mostra uma das máquinas de destilação.


Um medronheiro em flor.


O seu fruto em crescimento.

                                      
                                                                 O fruto já maduro.



Chegada ao grande Lago (Albufeira de Alqueva). Ou seja, chegada á Marina da Amieira.

(continua)

Com um abraço, SANTA.

domingo, 14 de maio de 2017

A.D.F.A.

A A.D.F.A., esteve presente no dia do Combatente no Mosteiro da Batalha, no aniversário da Batalha de La Lys e da 81ª Romagem ao Túmulo do Soldado Desconhecido.

Comendador José Arruda com S.Ex. o Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes.

A A.D.F.A., esteve representada pelo seu Presidente Comendador José Arruda, e pelo membro do Conselho Fiscal Nacional, Garcia Miranda.

SANTA

quinta-feira, 11 de maio de 2017

PELA COSTA VICENTINA (continuação)...

Então lá vai...

Porto Covo



Monumento á 1ª viagem aérea de Portugal a Macau.
(Vila Nova de Mil Fontes)




Quanto a vida é bela...


Estas últimas 4, são de V. N. de mil Fontes.




                                                Esta, é em Vila Nova de Santo André.

 As próximas vão ser do "Alqueva"

   Um abraço. SANTA.

terça-feira, 9 de maio de 2017

PELA COSTA VICENTINA. (Continuação)...

Como prometi, aqui vão mais algumas fotos.





PORTO COVO. FAMOSA ILHA DO PESSEGUEIRO:





                      Todas as fotos pertencem a S. Torpes e Porto Covo.

  Com um abraço, SANTA.
    (continua)

segunda-feira, 8 de maio de 2017

APELO...

Faltam oito dias para terminar as inscrições para o almoço convívio da 2415. Não quero acreditar, que este convívio seja aquele que menos adesão tenha por parte dos camaradas. Faço um apelo á boa vontade de todos para estarem presentes.
SANTA

sábado, 6 de maio de 2017

Dia Sete. Dia da Mãe...

Dia da mãe. Para mim, dia da mãe deveria de ser todos os dias. O nosso blog não podia esquecer, as mães que viram partir os seus filhos para uma guerra sem razão de ser, lhes roubou. Foram roubadas e esquecidas ao longo do tempo. Para elas,( a maior delas já falecidas) e para todas as mães em geral, a homenagem sentida da 2415.

Vai aqui uma poesia de Maria Itens Nunes Pereira, que se adapta muito bem ás nossas mães de guerra e a todas as outras mães que por outras circunstâncias também perderam os seus filhos.

                                
                                               

Dia da mãe, que chama pelo filho, e ele não responde,
Dia da mãe, que quer chorar, e para isso se esconde.
Dia da mãe, que tem que se isolar, em lugar escondido,
Para chorar,
E tem que pensar,
Que chorar é proibido.

Dia da mãe, que sofre lá dentro a mágoa que tem,
Que tem que esconder,
O que está a sofrer,
Sem mostrar a ninguém.

Dia da mãe que que seu filho perdeu,
Que o tempo passou, mas que não esqueceu.
Dia da mãe, com uma solução incrível,
Que se quer conformar, mas que é impossível,
Dia da mãe, para quem a felicidade foi desconhecida,
Que a sua felicidade
Deu lugar á saudade
E aos martírios da vida.

Para todas as mães um grande beijinho.

                    SANTA

sexta-feira, 5 de maio de 2017

5 DE MAIO...

Cinco de Maio. Uma data que não esqueço enquanto for vivo. Faz hoje 48 anos que a 2415 teve as primeiras baixas. Foi na zona do "Caracol", onde pareceram os nossos camaradas Sargento Carvalhito e o Furriel Santos. Este dia diz-me muito por factos já relatados no nosso blog. Não poderia deixar passar esta data em branco, sem os lembrar e desejar que as suas almas (bem como a de todos os camaradas que na mesma situação faleceram e aqueles que já estando cá, também partiram), estejam em paz.

SANTA

Tenente Valadim - Out. a Dez. 1969

Já há muito que não ia ao baú dos "recuerdos" de guerra. E de lá trouxe estas curiosidades ainda vivas na memória, que aproveito para "partilhar" com os habituais interessados.



Todos nos lembramos do bojudo Nord-Atlas quando ia abastecer o Batalhão onde estávamos de passagem. À falta de pequenas distrações que ajudassem a passar o tempo, para não ser só a lerpa, a sua permanência e, principalmente, as operações de aterrar e levantar vôo eram espectáculos imperdíveis.
Quanto às grandes distrações, eram outras histórias que, infelizmente, acabavam em dramas e sofrimento. Ainda hoje é disso testemunha o nosso amigo Moreira, não podendo dizer o mesmo os outros militares da Companhia, o Peniche e o Corado, além de outro do Batalhão, lá falecidos.


Um dia entrei nesta capela e gostei da sua simplicidade, para os que apreciavam julgo que seria um sitio especial. Acredito que a sua construção fazia sentido pois a maioria dos militares eram católicos. Tal obrigava a ter de haver alguém que controlasse as almas dos fiéis. E, não fugia à regra, pois fazia parte do Batalhão um oficial capelão para isso mesmo.
Rezava a missa e julgo confessava e dava a hóstia aos crentes necessitados. E, acredito que, quando em vez, lá fazia uma ou outra extrema-unção.
Hoje, contudo, entendo que havia ali algum desperdício de mão-de-obra no uso da G-3. Para mim os senhores capelães também deviam ter tido oportunidade de conhecer a guerra mais por dentro e, para isso, deviam ter feito as suas deslocações em colunas militares e, porque não, umas "operaçõezitas", nos intervalos dos seus reduzidos afazeres! Ao fim e ao cabo somos todos filhos de Deus, ou não?
A terminar, peço que reparem bem, pois faz todo o sentido, pode ver-se em cima dum pedestal em grande plano, a imagem da Nossa Senhora de Fátima.
Serão incontáveis, certamente, o número de promessas feitas por militares e suas famílias em peregrinações ao Santuário de Fátima.


Ora cá está ele, o chamado "mainato", aquele que lavava e passava a roupa a ferro. Um esmero como se verifica! Há falta de lavandarias até tinha direito a ter um desde que lhe pagasse 25 Escudos/mês. Mas era "precário". Hoje, se ainda for vivo julgo que continua a ser!



Numa ida à aldeia aqui mostro bem a minha vocação para tratar criancinhas. Nem sequer me passava pela cabeça que após 44 anos a dose se iria repetir! Curiosidades que a vida nos reserva!
Sei que são situações totalmente diferentes, épocas diferentes, compará-las com as que o mundo atravessa hoje, tão violentes e desumanas.
Mas numa guerra não é obrigatório fazer mal às crianças, se querem que o mundo pule e avance com um prato de comida entre as mãos duma criança!





terça-feira, 2 de maio de 2017

SEGUNDA BAIXA...

Mais uma baixa na 2415. Acabei, de saber que o nosso camarada Ex. Furriel Carlos Natario, faleceu. O nosso blog mais uma vez não poderia ficar indiferente á triste notícia. Os camaradas da 2415 endereçam a toda a família os mais sentidos pêsames. Que a sua alma descanse em paz.
          
         SANTA

TURISMO...

Olá camaradas! Fui este fim de semana no passeio anual da A.D.F.A. delegação de Coimbra.
Este ano, foi á Costa Vicentina com passagem pela Barragem do ALQUEVA, PORTEL, e MONSARAZ.
Sendo assim, partilho no nosso blog algumas fotos.


Início da manhã. Bucha na primeira paragem!


Por uma das ruas de Sines, a caminho do museu Vasco da Gama.


Etnrada para o museu.


Algumas das peças expostas no museu.


Um dos tetos do museu.



Almoço em S.Torpes.

                              (continua)


Por hoje termino. Um abraço. SANTA.