sexta-feira, 6 de julho de 2018

RUI RIO - 10 vs ANTÓNIO COSTA - 0

Viagem do PM António Costa a Moçambique

As imagens que ontem assisti na Tv durante o telejornal da noite deixaram-me, mais uma vez, indignado. E, como, por enquanto, tenho direito a ela, aqui vai:
O nosso Primeiro anda de visita ás terras de origem e, à chegada, depois dos cumprimentos e das habituais danças folclóricas nativas e, se calhar, antes de atacar o  caril de caranguejo, a que tem direito, lembrou-se ou, melhor ainda, alguém se lembrou por ele, de ir visitar um cemitério lá da zona.
Logo pensei que seria para ver/resolver "in loco" campas de militares portugueses mortos na guerra colonial e lá esquecidos. Juro que, enquanto assistia às imagens, passou-me pela mente: "olha nas próximas vou votar no gajo" . Mas, eis, senão quando, o nosso Primeiro pega numa coroa de flores e dirige-se para um mausoléo homenageando os heróis combatentes da 1a. guerra mundial.
Juro, de novo, que fiquei estupefacto e incrédulo. Até ali, a doze mil km de distância, a saga da 1ª guerra continua, quando outra  que só tem 50 anos é liminarmente/propositadamente esquecida. Como a gente diz na nossa terra: Não lembra ao diabo!
Prefiro terminar por aqui, pois a minha irritação é tão grande que iria, a partir de agora, escrever palavras desaforadas e indelicadas.
Mas, não sem antes dizer e, sem querer entrar em politiquices, há dias atrás assisti também na Tv durante uma visita à Guiné do Dr. Rui Rio, do PSD, dirigindo-se a um cemitério local e junto das caixas com as ossadas de militares lá falecidos e esquecidos procurou saber da realidade actual.
"As acções ficam para quem as praticam"! O Dr. Rui Rio deu uma cabazada ao governo!
 

Sem comentários:

Enviar um comentário