sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

MAIS UMA VEZ RELEMBRANDO...

Pois é. Depois de alguns dias de "molho", pois a constipação também me contemplou, e que foi acompanhada por uma tosse chata, e agora como se costuma dizer, estou pronto para outra! 
 Sendo assim, aqui vai.  De Carlos Silva:

   "O SORRISO DOS SESSENTA"

Recordo-me de ouvir
Os mais velhos dizer
Um homem para sorrir
De ternura e prazer
Sessenta anos há-de ter.

D' à família mais um membro
Do São João e das ogueiras
Com isto é que eu me entendo
Recordando outras brincadeiras
Com a camisa num rememdo

Como eu me lembro
Do tempo das sementeiras
Das colheitas em Setembro
Do milho seco nas eiras
Falando à travesseira
Sobre ela deitadinho
A memória sorrateira
Traz-me adega e o vinho

Azeitona d'Inverno varejada
 A vindima é no Outono
Em mim ficou marcada
A sombra dessa latada
Onde à sesta deixava o sono

Deitado no chão olhava
Sem nada dizer ao dono
Apalpar a uva amadurada
Se acaso a encontrava
Por ali ao abandono

Eu não me arrependo...

Dos cigarros que não fumei
Das noites que não vivi
De companhias que rejeitei
Não vale a pena
Recordar o passado
Que noite e dia me condena
A revivê lo em todo o lado


Não dou o tempo por perdido
Da vida tenho o que é preciso
Aos sessenta deixo o sorriso
Tomar conta do juízo

                                         

     =================
                            
Com um abraço, me despeço por hoje.
                                                                      SANTA



Sem comentários:

Enviar um comentário