sábado, 21 de outubro de 2017

VERGONHA...

Vergonha. Simplesmente vergonha! Não tenho outras palavras para classificar o que se passou no Domingo passado no centro do meu país. O meu país, foi mais uma vez ferido de morte pelas chamas que têm sido protegidas por aqueles que o têm governado. Não vale a pena descrever cenas que se passaram. Estas têm sido mostradas através das televisões e jornais. Ninguém pode ter ficado indiferente ao que se passou. Nem o coração mais gélido pode ficar indiferente. Mas, no meio disto tudo, há uma palavra que fica no ar: Porquê ? Isto não pode ter acontecido só por negligência. Há muito mais coisas escondidas por detrás da negligência. Coisas que nos dão a impressão que não se quer falar delas. Tais como: aparecimento de paraquedas incendiários, artefactos pirotécnicos encontrados, aviões que passam e logo fogo começa, ignição em sítios de difícil acesso e ainda por cima em plena madrugada etc, etc, etc... Quantas vezes já ouvimos falar disto na televisão em reportagens pelas aldeias? Ainda á poucos dias na CIC, uma senhora levou um paraquedas incendiário que caiu de uma avioneta num dos seus terrenos. Neste assunto, por aqui me fico. Agora, que tenham vergonha e que distribuam o dinheiro que os portugueses deram para quem ficou sem nada. Não deixem os portugueses na dúvida...Já agora, que seja esclarecido perante os portugueses como é feita a contratação dos meios aéreos para combate aos incêndios. Sim. Porque são pagos por todos nós.

Agora tudo vai mudar segundo o governo. Esperamos todos que sim. Agora já á dinheiro para tudo. É sempre aquela máxima portuguesa: "é preciso primeiro morrer pessoas para que o problema seja resolvido".

Depois do fogo, outra aflição pode surgir. Qual? O inverno que se aproxima. Se for um inverno de grandes chuvadas, as águas vão rolar pelas montanhas abaixo transportando todas aquelas cinzas para os cursos de água ficando as mesmas contaminadas. Há muitas albufeiras que alimentam as populações. Espero que não se esqueçam!

O nosso blog foi criado para assuntos que dizem respeito á guerra do Ultramar, mas ao longo do tempo ele tornou-se aberto a outros assuntos o que me parece salutar. Só é pena é que não haja mais malta a colaborar.

Agora, no meio disto tudo, espero que os nossos governante não se esqueçam de quem tanto sofre com esta tragédia, e que de futuro, tragédias como está não voltem aos nossos olhos. Que os culpados (sim, porque houve culpados) sejam responsabilizados pelas asneiras que fizeram.

Sendo assim, o nosso blog deixa a todos aqueles que perderam familiares e amigos, as nossas mais sinceras condolências.

                                                       SANTA

Sem comentários:

Enviar um comentário