sexta-feira, 1 de julho de 2016

DE NOVO CARLOS SILVA...

Pois é! De novo Carlos Silva. Desta vez, achei  engraçado um poema dele que é uma espécie de identificação da sua pessoa.

Ora leiam...

Esta figura pequena e franzina         Nasci nas Chãs de Leiria
Pois se assim sou já sim o era          Lá aprendi o que hoje sei
Bem dizia a Ti Clementina                Foi a escola que lá havia
Quem sai aos seus não desnera        A única que lá frequentei

Descrevo a minha pessoa                 Por Carlos fui baptizado
Assim como eu a conheço                Almeida recebi da Mãe
Tantos amigos e gente boa               Silva do Pai foi herdado
Tenho mais do que mereço              Este nome me fica bem             

Junho de quarenta e sete                 Sou casado e pai de filhos
Aos vinte e seis deste mês                Um rapaz e uma rapariga
Logo a`storia não se repete             Não me meto em sarilhos
P`ra nele nascer outra vez              Nem nunca andei à briga

Nacionalidade Portuguesa              Estado civil identificado
E dever cívico já cumprido              E com curriculo militar
Não sei se foi por natureza             Fui uma vez condenado
Se foi por ter aqui nascido             A combater no Ultramar

O meu signo é caranguejo            Cabelo castanho ondulado
O vermelho foi-me à pele              Olhos verdes, tons claros
E gosto de matar o desejo             Nariz um pouco achatado
Num natural favo de mel              E pelos no peito são raros

                             A identificação completa
                            Sempre depois de morrer
                            Não tenho história secreta
                            Todos a podem conhecer


  Espero que tenham gostado.

                                                      Para todos vocês, um grande abraço e um bom fim de semana. Cá para as minhas bandas, é alargado. Segunda Feira é feriado municipal. Quatro de Julho dia da cidade (Coimbra) que vive as grandiosas festas em Honra da Rainha Santa Isabel. Este ano, no próximo dia dez, a procissão diurna vai ser talvez uma das maiores do país senão a maior. Pois vai sair da Sé Nova até ao Mosteiro de Santa clara.

                                   Sem mais um grande abraço. SANTA.

  =====================================================

Sem comentários:

Enviar um comentário