terça-feira, 5 de janeiro de 2016

REIS...

Estamos na véspera da Noite de Reis. Por aqui, pelos meus lados. fazem-se umas filhós e um doces, claro o bolo rei, e pouco mais. Se estiver bom tempo vai-se até á cidade (Coimbra) para ver o cotejo dos reis e pronto! Sei que por outros lugares do nosso país fazem-se grandes festas. Quanto a mim isto anda tudo trocado. Na Noite de Reis é que os presentes deviam ser dados! Não foram os Reis Magos que levaram presentes ao Menino Jesus? Então? Em Espanha, e (e não só) julgo darem presentes neste dia. Mas como tudo anda trocado! Sendo assim, desejo para todos em geral, uma boa noite de reis.





O nosso amigo Vivaldo, mandou-me alguns livros antigos com versos. Eu achei engraçado ir publicando alguns, até porque os livros são muito antigos. Este verso que eu vou transcrever para o blog, data de uma edição de 1980! Tem como titulo "MEMÓRIA" de A. GARIBÁLDI

QUANDO CHEGA O OUTONO DA VIDA...

A ilusão é humana,
Verdadeiros, apenas os espelhos.
A voz com que nos falam não engana
Quando a frio nos diz que estamos velhos.

Impossível encher de labaredas
Agora o coração.
Falazes ilusões, nulas e tredas!
Agora, tudo é vão...

Pudesse o vinho do amor ainda
Correr em nossas veias, sangue a estuar!
E fosse a nossa vida manhã linda,
Com o sol a cantar!

Mas não! Tal como as árvores no Outono
Vão perdendo a folhagem,
Assim as ilusões, ao abandono,
São levadas de nós por fria aragem.

É assim a vida de nós todos. Somos
Uns misérrimos seres desta verdade:
- Foi passageiro tudo quanto fomos,
E depois da ilusão vem a saudade...

                                           De: A. GARIBÁLDI

Assim começa o Novo Ano aqui pelo nosso blog. Vá lá malta. Que não seja só eu.


                                                                                  Um abraço para todos. SANTA

Sem comentários:

Enviar um comentário