segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

CONTINUANDO COM A NOSSA POESIA...

Desta vez,vamos mudar de autor.


De António Veríssimo poeta popular, nasceu a 30 de Janeiro de 1947, no monte de Maria Vicente, freguesia de Canha, concelho de Montijo.


" UM MISTÉRIO CHAMADO VIDA"

A vida é um mistério
Que está por desvendar
Não se deve levar a sério
Porque nos pode magoar

A vida não é, só o viver
Vida é também a morte
Mas até para morrer
É preciso ter sorte

Pela morte o homem chora
Ao invés, de sentir alegria
Porque aquele que vai embora
Deixa o sofrer, do dia a dia

Um mistério por desvendar
Enquanto o homem viver
Teimando em não aceitar
Aquilo, que a vida lhe der

Na Terra não vão mudar
As habituais preocupações
Se o homem não respeitar
As inevitáveis, transformações






Foto de minha autoria.


Para todos um abraço do tamanho do Arco - Iris.

SANTA

Sem comentários:

Enviar um comentário