* * * * Sábado, 20 de Maio ==> Convívio anual da "BRIOSA" 2415 em Montemor-o-Velho * * * *

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Passagem de ano:
RECORDANDO 69/70 VILA CABRAL

Desejando a todos os amigos e companheiros um ano novo cheio de venturas, tenho o gosto de vos convidar a reler o saborosíssimo relato que o camarada Paulo (ex-furriel) fez do seu "reveillon" na actual Lichinga,  publicado em 2009,  do qual já poucos se lembrarão:

A PASSAGEM DE ANO EM VILA CABRAL  (clicar)

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

ESTÁ NO FIM...

Está no fim o ano de 2015. Foi bom? Foi mau? Cabe na ótica de cada um avaliar. Ainda á pouco festejava-se a passagem do ano e já amanhã estamos no mesmo cenário! O desperdício continua...
Já dizia o poeta: O mundo pula e avança... é uma verdade. Esperamos todos que este novo ano traga no seu ventre, mais algo de bom que o ano anterior. Assim queiram os homens. 
Vamos entrar em 2016. Como se costuma dizer: Ano Novo vida nova. Assim esperamos todos. Que os pobres deixem de ser pobres e os ricos deixem de ser tão ricos. Que o comer abunde na mesa do pobre e diminua na mesa do rico.
 Amigos e companheiros da 2415. Desejo a todos  um Santo e feliz Ano Novo com muita saúde paz e amor. Que o próximo ano vá ao encontro daquilo que mais desejarem. Estes votos são também para os vossos familiares bem como para as famílias daqueles que já partiram.
Para os nossos amigos e para aqueles que visitam o nosso blog, também para eles um Bom Ano novo e tudo de bom.

Já agora, que o Ano Novo traga ao nosso blog os esquecidos e os de má vontade e ainda os desmazelados!!! São também os meus votos.


   

UM GRANDE ABRAÇO DESTE VOSSO AMIGO

SANTA


quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

NATAL...

NATAL. Mais um ano passou. Estamos á porta doNatal de 2015.
A minha mensagem de Natal de 2015, é um pouco diferente das anteriores, embora nela hajam contextos  um pouco semelhantes. É uma mensagem mais Cristianizada. Mas então não estamos no Natal? Comemoramos o quê? O nascimento do Menino Jesus. Logo, não seja de estranhar o sentido deste texto respeitando eu como cristão, as ideias que outros possam ter.
Um dos símbolos do Natal, é o Presépio. O Presépio será sempre um convite á Vida ao Amor e á Paz.Vejam as crianças na construção dos presépios ? Como se sentem felizes. E o que pensamos nós adultos? Como é que nós, podemos ter a consciência tranquila diante do menino do Presépio, com as mãos tintas de sangue de tantas guerras espalhadas por este planeta. O que fazem os que mandam, para dar um passo que seja para a construção da Paz? Quanto caminho há a percorrer, para que a Paz e o Amor prevaleça, tendo como base a pobreza, a simplicidade, a verdade e que os homens, com a sua vaidade e ignorância  ou pela sua cegueira ainda não entenderam. É NATAL!
Já não basta os cataclismos naturais que abalam e destroem tantas regiões do Planeta, e o homem ainda faz ameaças  e não para com as rivalidades e contendas e, na sua louca correria, procura atingir o abismo e a sua autodestruição. Era tão fácil e tão simples inverter esta situação, se o homem como ser humano que é, em vez de semear as guerras, semeasse a Paz o Amor e ajudar o próximo. Senão vejamos: Como é possível? Basta sairmos ás ruas, lermos os jornais, vermos televisão, ouvir rádio e nós constatarmos que pelo mundo fora existem guerras, fruto da injustiça dos homens, morrem crianças pela indiferença de todos nós, crianças vítimas de abuso sexual, violência doméstica, como se vê, são violentadas as mais elementares liberdades do ser humano e, todavia, é NATAL, os homens comemoram o nascimento do Filho de Deus. Parar um pouco para pensar, não faz mal... O Natal é camuflado pelo consumismo que o cerca e das luzes de neon que o envolvem. O resto... É NATAL!
A quadra de Natal para mim, por vezes trás-me alguma tristeza não só por aquilo que atras descrevi mas em particular por aqueles que por este país fora (para não falar pelo mundo) querem um pão para comer e não o têm. O que fazem os governantes? E agora pergunto eu: Quantos pães se compravam se o dinheiro da corrupção e o esbanjamento dos bancos não existissem! Para onde isto vai parar? Um país que esbanja assim o dinheiro que poderia matar a fome a tanta gente quer o bem de quem? Do povo que governam? Só pode ser brincadeira! E já agora porque não falar do conceito de família. Onde está ele? Onde estão os valores morais da família? Onde está a educação? Gente que estraga os bens públicos, que cospe para o chão, põem lixo fora dos contentores, partem e arrancam sinais de trânsito, malcriados nos transportes... Resumindo: e tudo o mais que fica por dizer. Depois? É NATAL! A seguir, bem o esbanjamento do Ano Novo. Já acabou o NATAL!Depois? O mundo vai continuar a dar passos em falso! Deixa-se de falar em Amor e Paz até que depois seja Natal outra vez!!! Mesmo assim. Contrariando a vontade dos homens, eu desejaria que este Natal, este nascimento que se comemora, fosse um ponto de viragem não só para o nosso país mas para o Mundo. Que os homens se entendessem e que a paz e o amor brotassem como a água fresca brota  da nascente.

E sendo assim, em primeiro lugar, desejo Boas Festas de um Santo Natal, para todos aqueles que sofrem a injustiça das guerras, a injustiça da fome, e ainda a injustiça do desemprego, já para não falar dos que estão doentes, daqueles que perseguidos pela guerra, são obrigados a abandonar os seus países, dos pobres, dos desprotegidos e marginalizados e daqueles em geral que sofrem de todas as maneiras as agruras da vida.Fico com a esperança que venham alcançar melhores dias.

Depois de tudo isto, o amigo e camarada Santa, em nome da C.Cav. 2415, deseja para todos vocês e toda a família, um Santo e Feliz Natal. Que este Natal seja marcado pela vivência da Graça, e que levem uma vida de amor, paz, justiça e, acima de tudo muita saúde.
Também neste Natal, lembro as famílias dos nossos camaradas que já partiram. Para elas, também um Santo e Feliz  Natal e a nossa saudade. E para aqueles camaradas da 2415 que andam perdidos na vida que este Natal os traga de volta.



Também  para aqueles que nos honram com a visita ao nosso blog, eu em nome da 2415, desejo a todos um Santo e Feliz Natal com muita paz, amor e saúde.






UM SANTO NATAL E UM GRANDE ABRAÇO NATALÍCIO PARA TODOS
DO SANTA

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



sábado, 12 de dezembro de 2015

CONVÍVIO DE NATAL

Realizou-se hoje, o convívio de Natal da delegação de Coimbra da A.D.F.A. no restaurante a "Pedreira" na zona de Cantanhede. Esteve presente em representação do Comendador José Arruda presidente desta Associação, o vice presidente Coronel  Lopes Dias.
Com a presença de 200 sócios o convívio decorreu com alegria sendo o repasto do agrado de todos. Depois dos respectivos discursos, serviu-se o bolo rei acompanhado do respectivo "champanhe"! E já depois de bem regados, foi a debandada geral com os votos para todos de um bom Natal e de um Bom Ano Novo.

                                      MESA DE HONRA



       CORONEL LOPES DIAS VICE PRESIDENTE  DA A.D.F.A. 
         E SOLES GIRÃO PRESIDENTE DA DEL. DE COIMBRA.                                                    


                                              OS DISCURSOS


                   DIVERSOS ASPECTOS DAS DUAS SALAS




Por hoje é tudo. Um abraço. 
SANTA

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

RECONHECIMENTO...

Acabei de chegar da Assembleia da República onde acabei de assistir a convite da mesma, á CERIMÓNIA COMEMORATIVA DO DIA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS.

Atribuição do Prémio Direitos Humanos 2015, ex-aequo  à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios desde já os meus parabéns, e à Associação dos Deficientes das Forças Armadas.
Pela parte que me toca, foi com alegria que assisti á entrega deste prémio à Associação a que eu me orgulho de pertencer. Alegria minha que se deve estender a todos os deficientes. Daqui, os meus parabéns a todos e especialmente ao nosso presidente Comendador José Arruda que tem sido incansável na defesa dos direitos dos deficientes militares vitimas de uma guerra injusta. 
Assim que tiver fotos, publicarei.




«Ferro Rodrigues assinalou que a Declaração Universal dos Direitos Humanos, cujo 67.º aniversário se assinala hoje, "é a carta de princípios da República" e agradeceu aos premiados, a Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios e a Associação dos Deficientes das Forças Armadas.

Dois testemunhos de uma "atitude exemplar", nas palavras de Pedro Bacelar de Vasconcelos, presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, em cujo âmbito é constituído o júri do prémio.

Bacelar de Vasconcelos realçou o papel da Plataforma, lançada pelo ex-presidente Jorge Sampaio em 2013, que já trouxe cerca de 150 universitários sírios para estudarem em Portugal.

O programa da Plataforma tem "um duplo alcance", não só a solidariedade, mas o procurar olhar para além da guerra, disse o deputado, adiantando que o mesmo faz a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, que há mais de 40 anos se empenha no apoio aos ex-combatentes vítimas da guerra colonial, sem esquecer a participação cívica na sociedade a que pertence.

O prémio Direitos Humanos atribuído à Plataforma foi recebido por Carlos Monjardino, presidente da Fundação Oriente, em nome do ex-presidente Jorge Sampaio, que não se encontra no país.

Monjardino destacou o facto de a "iniciativa humanitária pioneira" de Jorge Sampaio ter sido reconhecida numa altura em que os "valores republicanos estão a ser postos em causa", quer pelo terrorismo, quer pelo racismo.

"As democracias, porque são democracias, têm o dever de garantir asilo aos refugiados de uma guerra bárbara", disse, adiantando que é a "salvaguarda da honra da democracia" o que é devido a Jorge Sampaio.

O presidente da Direção Nacional da Associação dos Deficientes das Forças, o comendador José Gaspar Arruda, agradeceu o galardão e recordou a criação da organização, a 14 de maio de 1974, com o objetivo de ser "a força justa das vítimas de uma guerra injusta".

"Foi necessário lutar, mas não olhámos só para nós", disse Arruda, saudando, a propósito, a criação pelo atual governo da Secretaria de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência.

O responsável disse ainda que a Associação trabalha agora para que a Assembleia da República aprove uma "Carta Magna dos Cidadãos Militares com Deficiência".

Premiadas 'ex-aqueo', as duas organizações vão partilhar o prémio no valor de 25.000 euros. O prémio Direitos Humanos, que é sempre entregue na sessão comemorativa do Dia Nacional dos Direitos Humanos, é atribuído desde 1999 e galardoou o ano passado o Instituto de Apoio à Criança.»


Esta notícia foi retirada do seguinte site: http://www.noticiasaominuto.com/pais/501302/promocao-dos-direitos-humanos-e-combate-que-exige-vigilancia

      Com um grande abraço. SANTA.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

VIAGENS. CONTINUAÇÃO...

Como prometi, aqui vão mais algumas fotas das minhas viagens...



Ilha da Madeira. Miradouro do "Véu da Noiva. Ao fundo lado esquerdo.
Em baixo: piscinas naturais de Porto Moniz.

                                                                                                                                 
                          BRASIL. PORTO SEGURO. Parte do Padrão dos descobrimentos.
 Em baixo: ILHA DE JAGUANUM. Pertence ao conjunto de ilhas de HANGRA DOS REIS:                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     
  GRÉCIA. Aqui é a chegada do navio ao porto da ilha de EGINA. Parti de Atenas (cidade espetacular. Acrópole então...) ás nove da manhã e cheguei cerca do meio-dia. Havia muita gente á espera do navio, porque nele viajava uma alta personalidade, o Patriarca de Constantinopla (em baixo) com quem tive (sem querer) a possibilidade de estar. A ilha de Egina é muito bonita.


 


                                        SUÍÇA. Nos Alpes


                                                             
  Hoje fico por aqui...
                                                                                                                                             SANTA