sexta-feira, 27 de novembro de 2015

PICOS DA EUROPA...


Esta, foi também uma das viagens que me ficou na memória. São só, algumas fotos das duzentas e tais tirei.


                                                                      SANTANDER


EM S.VICENTE  DE LA BARQUERA


DESFILADEIRO DE DÉ



                                                                            POTES


COVA DONGA


 
MINAS  DE BUFERRERA




   SANTILLHENA DEL MAR





LAGOS DOS PICOS DA EUROPA.


UM ABRAÇO. SANTA.



   

  

domingo, 22 de novembro de 2015

ALGUMAS DAS MINHAS VIAGENS EM FOTOS...

Uma vez que o nosso blog parece que entrou na sala de reanimação, está moribundo caminhando talvez para uma morte já anunciada por falta de médicos capazes de o reanimar, eu vou aplicar ainda mais um medicamento que se chama: Algumas das minhas viagens em fotos. Esperando assim mantê-lo mais algum tempo vivo!!!

Sendo assim:

                  Quando da minha viagem á RUSSIA. -MOSCOVO-.

Moscovo. Uma cidade linda. As estações do metro são espetaculares. Parecem catedrais. Na parte religiosa, as catedrais e as igrejas são de uma beleza extraordinária. Não se pode contar. Só vendo.

                      Viagem ao Monte Sinai. - (em cima e em baixo)

  Esta viagem foi espetacular. Era uma viagem ao desconhecido. Logo á partida, a ideia que se nos colocava, é como seria a viagem até lá cima. Monidos de pilhas e agasalho, partimos eu e minha esposa) do sopé da montanha, (Mosteiro de Santa Catarina) eram uma hora da madrugada! Logo no início da subida, fomos confrontados com os "TAXIS", assim chamavam aos camelos. Quem queria ir de camelo até um certo sítio ia, quem queria ir a pé, ia. Nos fomos a pé. Quando os camelos passavam por nós, faziam um barulho estranho deixando cair uma baba espessa que á vista não era nada agradável! Chegamos ao cimo do monte, eram mais ó menos cinco horas da manhã. Nunca vi na minha vida um nascer do sol como aquele que vi do cimo do monte. Uma paisagem que só vendo... Quanto á descida (já completamente de dia), foi espetacular !

Viagem a Lá Manga, (sul de Espanha) Cabo Palos.

Continua...

Um abraço para todos . SANTA.



quarta-feira, 18 de novembro de 2015

TRISTE...

No sábado passado quando me levantei, e liguei a televisão, fiquei horrorizado com as imagens que me foi dado ver. Porquê? Perguntei eu a mim mesmo. Que raio de seres humanos são eles para matar indiscriminadamente as pessoas? Como é possível desprezar a vida humana quando é o bem mais precioso que podemos ter?. Não existe explicação para tais actos. É horrível ! Até para muitos de nós que andamos na guerra, não nos é indiferente, ouvir os sons dos tiros explosões. É o relembrar o passado. Para quem tem stress de guerra, é muito complicado. Tudo o que vimos, é o ser humano a chegar á escala zero.

Ao contrário do que tinha dito, não acabou a poesia do nosso amigo Sá valores. Encontrei mais algumas e não resisto em publicadas.

Sereno o Sol ia apagando
A luz do dia que finava
Enquanto a noite ameaçava
O perigo que vinha chegando.

Meu corpo o solo rasando
Sorrindo à pedra que o rasgava
E a saudade em mim esboçava,
Alguém que estaria rezando.

Troou   o canhão maldoso e forte
rasgando o ar que a nós chegava
Deixando a terra transformada
Em sangue, suor e maus trilhos.
E veio o monstro que é a morte
Finar vida dos bons filhos.

===========================

Flor
o teu viver é duro
cruel,
mas quando se quer,
não há pedras duras,
nem caminhos intransponíveis .
nem mares,
Não há cardos,
nem lume
nem valados,
e, até nem existe a morte.
As árvores,
quando têm frutos são,
são ainda,
mais olhadas,
mais estimadas,
e, não choram...
ao ver a brisa rasgar,
a bruma das madrugadas.

                        Um abraço. SANTA.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

MAIS UMA DATA...

Mais uma data. Doze de Novembro de 2015. Todos os anos, nesta data se presta homenagem aqueles que deram a vida pela Pátria. É o dia em que estão presentes na nossa memória todos os nossos camaradas que de uma maneira ou de outra, morreram ás mãos da guerra. Para eles, paz ás suas almas.
Mais uma vez, representei neste dia, a Associação dos Deficientes das forças Armadas . Para mim, é sempre uma cerimonia carregada de recordações e ao mesmo tempo de emoção. Depois da Sagrada Liturgia por alma de todos aqueles que pareceram em todas as guerras em que entramos, prestou-se a devida homenagem Na Praça Heróis do Ultramar.







Um abraço. Santa.


quarta-feira, 11 de novembro de 2015

S.MARTINHO...

Pois é. Já passou mais um ano e cá estamos no S Martinho. 
Estava eu ontem á janela a ver passar os comboios, pois para quem não sabe, os comboios da linha do norte passam a uns oito a dez metros da minha casa. Mas dizia eu, estava eu ontem á janela a ver passar os comboios quando passa o meu vizinho  o sr. António e diz: Então? Á janela? E se fossemos a minha casa beber uma água-pé? Não é má ideia! Disse eu. Vamos lá então. E lá fui. Palavra puxa palavra até que chegamos ao S. Martinho. São Martinho para ele, era S.Martinho... Então perguntei-lhe: Então o senhor não sabe nada sobre o S. Martinho! Eu só ouço falar no Verão de S.Martinho! Disse ele. Então lá lhe contei a história de onde vinha o verão de S. Martinho. Escutou atentamente, e ainda lhe expliquei que ele hoje é conhecido por S. Martinho de Tours, foi militar, monge e mais tarde Bispo, sendo depois considerado santo. Pergunta ele: quando é que ele nasceu? É pá. Agora é que você me tramou. Vamos lá mais um copo e espere que eu já venho. Não queria deixar o homem sem saber a data de nascimento de S. Martinho. Vim a casa, vasculhei um livro que tinha que falava sobre ele e lá descobri a data de nascimento.  Lá fui eu. Ó senhor António, já sei a data. Nasceu 316 d.C em Szombathely - Hungria e faleceu em 8 de Novembro de 397 em Candes - Saint - Martin, França.                         
 Olhe : avida dele decorreu no século IV. Oh senhor Fernando (ele trata-me pelo meu primeiro nome). Mas o senhor é como aqueles homens da televisão que falam destas coisas! Não senhor António. Vou lendo alguma coisa. Pois é, diz ele. Eu sei ler muito pouco. Tenho pena! Mas olhe: Disse (com um brilho nos olhos) acabei de tirar um curso de jardineiro. Custou, mas consegui! Mais uma água-pé e lá lhe fui dizendo: Sabe senhor António, o S. Martinho é festejado por toda a Europa. Embora haja outras tradições, cá em Portugal é provar a água-pé e a jeropiga e acompanhar com as castanhas assadas.. Não é por acaso que se diz:"no dia de S. Martinho vai á adega e prova o vinho" Pois é. Disse ele! Então para a semana tenho que comprar umas castanhas para assar e depois vou chamá-lo! Mas a água-pé está boa? Oh senhor António, uma maravilha! Pois é. Disse ele. Até faz a gente aprender umas coisas. Mais um copo para a despedida? Vá. Para a semana cá estamos para as castanhas.
O senhor António é uma pessoa com a idade já nos setentas, humilde, educada e trabalhadora. Amigo de ajudar os outros. O que começa a ser raro, nos tempos que correm... 
E pronto. É o que faz estar a ver passar os comboios... Para a semana , cá está ele a bater-me á porta para a castanhada que vai ser regada com a famosa água - pé! Mas parece-me que desta vez, o grupo vai ser maior.





Pois é. É assim avida. Mas são bocadinhos destes, que nos afastam das agruras da vida. São estas coisas que vividas na base da amizade, são o melhor da nossa vida.


Para vocês todos, um bom S. Martinho na companhia das vossas famílias com boas castanhas e se não for com água - pé seja com jeropiga ou moscatel do Douro!!!


                                                                       Do Santa com amizade, um grande abraço.





sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Lembrando 06-11-1969

Faz hoje 36 anos que morreu

JOÃO VAZ DOS SANTOS
 
  ferido no accionamento de mina em 30 de Outubro
 
 

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

QUEBRANDO O SILÊNCIO DO BLOG...

Quebrando o silêncio do nosso blog, aqui vai o último poema do nosso companheiro de guerra: Sá flores.

       A MINHA ÁRVORE

Eu tinha uma árvore
bela.
Tinha 
folhas verdes
frutos cor-de-rosa
e chorava
quando a tocava com a mão.
Um dia,
inesperadamente,
essa árvore transformou-se:
As folhas
ficaram negras,
os frutos caíram no chão!
Oh! Que bom seria
que a minha árvore
voltasse a ter
folhas verdes,
e dar frutos
cor-de-rosa.
E a chorar
quando eu 
a tocasse
com a mão.
             
                             Sá Flores.

                                                              Com um abraço. SANTA

domingo, 1 de novembro de 2015

"FINADOS"

1 de Novembro. Dia de Finados. O dia em que todos (ou quase todos) vão em romagem aos cemitérios depositar flores nas campas dos seus familiares e amigos. É um dia, em que praticamente todos aqueles que nos deixaram são lembrados.
 Hoje dia de Finados. Além dos meus familiares, claro que não me esqueço dos amigos que já partiram e muito especialmente, dos nossos amigos e companheiros da 2415 que fazendo parte da nossa família militar me merecem esta homenagem. Claro que este pensamento, vai para todos os outros que não pertencendo á 2415 compartilharam connosco a mesma aventura: A guerra . QUE TODOS ELES DESCANSEM EM PAZ.

                                                                                                        


Um abraço para todos. SANTA