* * * * Sábado, 20 de Maio ==> Convívio anual da "BRIOSA" 2415 em Montemor-o-Velho * * * *

sexta-feira, 29 de maio de 2015

SURPRESA ...

O destino marca a hora... e a hora marca-nos a surpresa. Comigo, tem sido uma realidade!
Tenho estado com a minha mulher a passar uns dias na F. da Foz. Na passada Quarta- Feira, por iniciativa dela, fomos a Fátima. Depois de algumas horas lá, resolvemos partir de regresso á Figueira. Passamos Leiria e resolvi contra a vontade da minha mulher, ir por Amor. Localidade onde estive à quarenta e três anos com uns amigos a comer uns belos chouriços assados em aguardente acompanhados com uma bela broa e uma bela pinga. Amor, passado este tempo todo, está diferente: para melhor. Depois segui viagem até á Base Aérea de Monte Real. Parei, vi alguns aviões que andavam em exercício e segui viagem. O meu destino era agora passar pela praia de Pedrogão. Era! Pois vi a placa de Vieira de Leiria e resolvi (mais uma vez contra a vontade da minha mulher) fazer inversão de sentido de marcha e sim rumar a Vieira de Leiria. Sem nada que o fizesse querer, lembrei-me do nosso amigo e companheiro da 2415, Carlos Abreu Natario que já não era visto desde 1995! Disse para a minha mulher: Olha para o teu lado que eu olho para o meu pode ser que a gente o veja. Disse a minha mulher: olha que eu se calhar já não o conheço. Nisto eu só me lembro de dizer alto para ela: é ele, é ele! Eu a chegar ao cruzamento e ele (o nosso amigo Natario) a passar na passadeira! Incrível! Tive de arranjar maneira de encostar o carro sem o perder de vista e ir a pé ao encontro dele. Era mesmo o nosso companheiro e amigo Natario. Conheceu-me logo. Com as lágrimas nos olhos abraçou-me. Ficamos alguns segundos em silêncio antes de dizermos alguma coisa um ao outro. Depois, com a voz rouca e em tom baixo ( pois é doente da garganta) disse-me: o que é que andas aqui a fazer? E eu disse: não sei! E contei-lhe como fui ali parar. Fomos a um café, e começamos a desfolhar o livro das nossas memória.
Ficou a promessa de ir ao nosso próximo convívio.
O encontra estava a chegar ao fim. Um longo abraço de despedida com as lágrimas nos olhos onde ele me disse, para que através do nosso blog, eu em nome dele, mandasse um grande abraço com amizade para todos os companheiros da 2415. Ele não tem computador. Viu duas ou três vezes o nosso blog no computador de uma pessoa de família.
É uma história, que para muitos pode não ter importância mas para mim, tem-na toda. É curioso, que muitos alunos nas escolas (quando se sobre a guerra) perguntam, porquê tantos almoços de convívio. É um facto. Para mim, (é a minha opinião) as amizades criadas na guerra através da convivência em ambientes que nos podem levar á morte ou á deficiência e ainda da separação á chegada, é uma amizade diferente das outras. Sendo assim, os encontros em convívio ou encontros como este que acabei de descrever, têm toda a importância. Têm sim.

Aqui vai a foto que regista o nosso encontro.



Para todos com amizade, um grande abraço. SANTA.


quinta-feira, 21 de maio de 2015

CONTINUANDO AS MINHAS VIAGENS...

ESPANHA...


ISLHA CRISTINA


RUA NA ISLHA CRISTINA

                                                               
                                                                  ILHA  ANTILLHA



SEVILHA



PRAÇA DE TOUROS DE SEVILHA


SEVILHA


ISLHA ANTILLHA


                                                   E TAMBÉM A GASTRONOMIA!


ILHA CRISTINA
                                         
                                                                       

A CAMINHO DE ARACENA PODE VER-SE ESTA MÁQUINA QUE FAZIA PARTE DO TRANSPORTE  DE CARVÃO.

CONTINUA...

                                                              Um abraço. Santa.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Marcos do Portal Ribeiro

é o companheiro que fui abraçar ao fim  de quase 45 anos !
O "verde"é para disfarçar...

O encontro, que vínha sendo combinado há semanas, aconteceu em Barcelos, na tarde do passado domingo, 17 de Maio.

O Marcos, (que pertenceu ao 1º. Grupo de Combate, do alf. Meira), vive em Forjães, concelho de Esposende, que é a terra do malogrado Sargento Manuel Carvalho, o nosso saudoso Carvalhinho, em cujo cemitério está sepultado. Aliás confidenciou-me que foi ele que cedeu a fotografia que está no jazigo (clique aqui) .
Como vêem nas fotos, este nosso ex-camarada está em invejável boa forma física e cheio de boa disposição, apesar das rasteiras que a vida lhe tem passado.


Tem pena de nunca ter ido aos nossos convívios, pode ser que se propocione ir ao próximo, já que sente saudades dos companeiros...
 Lembrámos algumas das peripécias vividas em África e ele fez o favor de me confiar as interessantes fotografias que tenho o gosto de partilhar convosco. Serão apreciados por todos os leitores os comentários que queiram tecer a respeito destas cenas que tanto nos recordam...

Estádio do Lione...

Sede é mato !



Hoje há rancho mellhorado



domingo, 17 de maio de 2015

Ainda o convívio ...

Passada uma semana, aqui fica mais um pequeno apontamento sobre a nossa reumião anual.
O tempo esteve muito agradável, em contraste com a intempérie dos dias anteriores: um convite à presença dos camaradas de mais longe. Mesmo assim, houve bastantes faltosos: alguns justificaram, outros nem por isso, o que, muito justamente agastado, lamentava o incansável Vivaldo, que juntamente com o Moreira (ex-Furriel) assumiu, mais uma vez, o ónus da organização... A eles, a nossa gratidão!
Apesar das ausências, o País estava representado do Minho ao Algarve.
Após os abraços da chegada, sempre calorosos, e da fotografia de grupo já aqui mostrada, fomos aconchegar o estômago nas bem gostosas entradas, terminadas com a sopinha servida à mesa. Depois cada comensal escolheu do Bufete o que mais lhe agradou, e tinha muitas opções: era impossível provar de tudo!
Terminadas as sobremesas, já não dispensamos as palavras inspiradas do nosso Fernando Santa, que de novo lembrou as obrigações da sociedade e do Estado para com os ex-combatentes, muito em especial com os mais afectados pela guerra. Muito sentida foi a homenagem aos nossos já desaparecidos, que, muito naturalmente, vão aumentando a cada ano que passa. A eles foi dedicado o tradicional minuto de silêncio.


 
Minuto de Silêncio


Depois de (re)partido o bolo dos 47 anos da Briosa, e cantados os parabéns, o algarvio Vieira Rodrigues entoou o respectivo Hino, acompanhado por (quase) todos os presentes.
 
O Vieira Rodrigues a cantar: "Quero pertencer à Briosa"

Depois foi a debandada geral, já a pensar no próximo convívio... Onde será ?

sexta-feira, 15 de maio de 2015

QUADRAGÉSIMO PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DA A.D.F.A.

Celebrou-se ontem (14 de Maio de 1974) o quadragésimo primeiro aniversário da Associação dos Deficientes das Forças Armadas. Estiveram presentes o Ministro da Defesa Aguiar Branco e a Secretária de Estado Berta Cabral, Ramalho Eanes e ainda outras entidades civis e militares. É esta casa que tem substituído o Estado na reparação dos danos causados a todos aqueles que ficaram deficientes na guerra colonial.
Já agora, proponho que vejam o vídeo do Porto Canal. Entrevista feita ao Comendador José Arruda (A.D.F.A.) e ao Coronel Marques Gomes (Associação 25 de Abril).

Clique aqui para ver o vídeo



Para aqueles que ainda hoje tentam esconder a guerra colonial, estas são algumas das testemunhas (muitas já partiram) ainda vivas.


Chegada do Ministro da Defesa e restantes convidados.

Para que a verdade nunca seja escondida...

Um grande abraço. SANTA.




terça-feira, 12 de maio de 2015

CONTINUANDO...

Para lembrar como foi...







SANTA. Um abraço. 

domingo, 10 de maio de 2015

A "foto de família" da praxe:


Bàsicamente... os do costume !!!                  ("clique" para ampliar...)

E, agora, algumas que tirei ao pessoal, durante o rancho geral:




FOI ONTEM...

Foi ontem. Dia 9 de Maio. Num bonito dia de sol, realizou-se mais um convívio da 2415. Pela parte que me toca, foi com satisfação que ao fim de mais um ano estive com a malta. Julgo (tenho a certeza) que a minha satisfação foi também a satisfação de todos. É pena, que muitos não tivessem respondido à chamada. Uma das minhas alegrias, foi ter o nosso capitão junto a nós depois dos graves problemas de saúde que teve. Alegria que foi também partilhada por toda a malta da 2415. Espero que no convívio de 2016, possamos novamente estar todos presentes com saúde juntamente com aqueles que este ano não puderam estar.

Para ilustrar o nosso convívio, seguem algumas fotos que tirei:



Chegada do nosso Alferes Soares e Alferes Magalhães.


Chegada do nosso Capitão Amado.Á direita Alferes Meira e á esquerda o Choné.




Á esquerda o nosso camarada Vivaldo o organizador deste convívio.










CONTINUA...
                                    
                                                        Um abraço. SANTA.

sábado, 9 de maio de 2015

Hino da "Briosa"

video
Falhou o ultimo verso!!!
9 de Maio de 2015


O nosso almoço anual, em 9 de maio de 2015

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Falta pouco

Amanhã vamos actualizar esta foto...

B O A   V I A G E M !

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Convívio...

Companheiros da 2415. Estamos a chegar ao dia 9! Porque esperar? O convívio espera por nós! Aparece mesmo sem a tua inscrição! Não há problema. Pois é uma grande alegria a 2415 mais uma vez estar junta. Todos a caminho! Vamos todos seguir o nosso Capitão. Foi o primeiro a dizer sim!
Com um abraço para todos, Santa.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

HOMENAGEM...

É já amanhã. Faz 46 anos. Foi no dia 5 de Maio de 1969. Nem sempre as datas que se recordam são boas, e esta não é boa, mas é recordada pela saudade que nos deixaram estes dois camaradas nossos (foram as primeiras vítimas da 2415) que tombaram na sequência de uma emboscada gerada por uma guerra injusta, que tantos ainda hoje querem esconder e esquecer! Este dia, tem uma simbologia muito especial para mim já contada no nosso blog. É a melhor homenagem, Sarg. Carvalhito e Furr. Santos, que vocês podem ter nesta altura que é a lembrança e a amizade que existia entre nós e a saudade de todos aqueles que foram vossos companheiros que até hoje não se perdeu no tempo. Não só vocês, mas todos os outros companheiros que na mesma guerra pareceram.
PARA SEMPRE A ETERNA SAUDADE DE TODOS OS COMPANHEIROS DA C. CAV. 2415. QUE DESCANSEM EM PAZ.







Não podia deixar de transcrever um pequenino texto, que me foi enviado pelo Ex. Capitão Acácio Tomás, da C.Cav 2418. Companhia que estava na altura em Massangulo quando se deu a emboscada de que falo.





Desde já os meus agradecimentos ao Capitão desta companhia Acácio Tomás.


Esta foi a Berliet que sofreu a emboscada. Pode ver-se no vidro do lado esquerdo dois furos provocados pelas balas que causaram a morte aos nossos companheiros.

Um grande abraço do Santa.