sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

DESABAFANDO...

Hoje o dia até está cinzento como cinzento está o nosso planeta e as árvores ainda continuam despidas! Há indícios que vai chover! Estou neste momento a ver o telejornal num dos canais e comecei a pensar em certas e determinadas coisas o que me levou a desabafar um pouco. Vim para o nosso blog e comecei a escrever.
A nossa guerra já lá vai há muito tempo. Claro que nunca esquece o que passamos o que nela vivemos e sofremos. Foi o afastamento da família, foi muitas vezes a fome o comer mal as minas as emboscadas, os mortos os feridos e todo o resto! Mas esta já lá vai! Sendo assim, como se pode esquecer a nossa guerra se todos os dias outras guerras entram pela nossa casa dentro? Basta ver a televisão e ouvirmos rádio. Basta sairmos para a rua, lermos os jornais e nós ficamos a perceber que pelo mundo fora as guerras aumentam, fruto da injustiça dos homens. Como vêm, vivemos todos os dias com a guerra ( e outras guerras). Morrem crianças, mulheres violentadas, é a violência domestica que aumenta, é o desmembrar das famílias, é a fome é a morte de inocentes em nome de uma paz falsa etc etc... 
Em que Mundo vivemos? Quando é que o homem para nesta louca correria para o abismo? Quando vimos o Mundo assim destruído pela ação demente dos homens, está tudo dito! E se falarmos ainda dos nossos Pais e dos nossos Avos, que não têm fortuna, estão votados a uma morte lenta? Que consciência tem esta sociedade?
Não nos podemos esquecer, que cabe ao Estados e seus governantes, dar aos homens todas as condições sociais para uma vida humana digna.
Os homens não podem mais viver de costas voltadas. Como poderemos deixar passar a vida ao nosso lado sem intervir nela? Como poderemos deixar que a injustiça, a opressão, a violência, os golpes políticos existam, sem nos sentirmos co-responsáveis? São estas algumas guerras que nos continuam a ofender!

É assim camaradas. Muito mais haveria para dizer ou comentar. Já viram como vai o Mundo? Mas hoje fico por aqui. Posso dizer-vos que começou neste momento a chover!

Para desanuviar um pouco, recorri a mais poesia do nosso camarada Sá Flores.

É bom o mundo
quando o amor 
está
em tudo o que fazemos.
Quando a lealdade
rege
o que pensamos
e queremos.
Quando o tempo
vem do tempo
do sonho realizar.
E o tempo
deixa o tempo
para o tempo
se poder gozar!...
Quando o tempo
nos dá tempo
podermos ter.
Para tudo
que está no tempo
podermos dar 
e receber.

                                                               

                                                                          Se a vida
                                                                          fosse vivida
                                                                          em
                                                                          Amor e
                                                                          União,
                                                                          era fácil
                                                                          ter-se vida
                                                                          bem dentro
                                                                          do coração.

                                     Poemas de Sá Flores

Já compraram o livro?





Para todos um grande abraço.
. SANTA





sábado, 14 de fevereiro de 2015

Exemplo de cidadania!!

Só porque estamos em época de Carnaval me permito vir ao blog e aqui deixar algo galhofeiro e que me fez rir a bom rir. Que me perdoem os "santinhos" pelo pecado, mas julgo que até o Papa Francisco iria dar um sorriso envergonhado!
Então, vejam e pasmem com esta V.D. 
 
".... em Moçambique não se foge às obrigações fiscais e não é preciso sortear automóveis!!!"
 

Ao câmbio actual do metical (moeda moçambicana) equivale um custo para o feliz utilizador de 7 €!
Convenhamos que a "profissional" não irá enriquecer de um dia para o outro!
Será que algum dos camaradas de guerra ainda tem na memória os preços praticados na época? Parece-me que a inflação não foi por aí além!
Entretanto é caso para dizer: Olha se, por cá, a moda pega?!
Bom Carnaval, pessoal.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

REANIMAR !...

Reanimar. É apalavra adequada neste momento que se pode aplicar ao nosso blog. Será camaradas da 2415, que ainda sabem que o nosso blog existe? Nem um olá dizem!!! Eu, pelo menos não me vou esquecendo. Nem que tenha só que vos dizer que por aqui está um frio de rachar!

Sendo assim, e (o bichinho ainda não morreu) para aqueles que não tiveram ou não têm possibilidade de comprar o livro do nosso camarada Sá Flores, ouso mais uma vez reproduzir no nosso blog, mais um poema de sua autoria.

Senhores,
engenhos de pedestais,
roletas de enriquecer,
ouçam...
Venham escutar
as vítimas do vosso ser!
Sou criança, quero viver,
quero jardins para brincar.
Sou jovem, andei na guerra
homem cesto fiquei.
Não há caminhos para mim,
nada tenho e tudo dei.
Conto oitenta anos,
trabalhei até poder.
Hoje ... Estou para aqui...
Não tenho nem para comer.
Senhores,
engenhos de pedestais,
roletas de enriquecer,
ouviram?
Ouviram bem as vítimas do vosso ser?
E etão?
Que vão fazer?
Vão continuar a usá los?
E dar-lhes tanto sofrer?
A ter a fábrica de guerra
para lhes tirar o ser?


Agora vou lembrar o nosso camarada Vivaldo (espero que espreite o nosso blog), com quem falei algum tempo, que ainda estou á espera dos textos dele e Fotos, que ele me prometeu que enviava pelo correio, para fazerem parte do nosso blog! Cá vou esperando Vivaldo!

Por agora é tudo. Um abraço. SANTA.