terça-feira, 15 de julho de 2014

MEMORIANDO !!!

O tempo vai passando. Os dias somam-se uns aos outros. Os dias em que andamos na guerra vão ficando cada vez mais longe e as lembranças vão-se esvanecendo na nossa memória. É o rumo que a vida nos dá quando chegamos á idade avançada! Tantas histórias ficam por contar se cada um de nós se esquecermos delas e não as passar para o papel. Não é o meu caso, pois tenho tudo escrito desde o dia em que entrei para a vida militar até ao último dia. É um pouco resumido, mas dá para entender o que se passou. É bom? É mau? Serve para memória futura.
Os elos desta corrente (2415), têm-se partido ao longo dos anos. É a preguiça, é o esquecimento, por vezes a doença, e ainda a lei da vida que nos obriga a deixar este mundo. Estes são alguns dos motivos que têm feito partir os elos da dita corrente. Eu, a todo custo vou aguentando o que resta da dita corrente mas está a ser muito difícil. Está a faltar o óleo para a lubrificar!!
Há pouco, estive a falar com o Soares. Trocamos algumas palavras, mas o jantar chamava-o para a mesa! Depois, falei com o Moreira do Porto. Também falamos um pouco de tudo. Depois, foi a vez do Furriel Paulo. Falamos um pouco da vida e da sua saúde. Em seguida couve a vez do Pires. Saber da saúde dele (foi operado), e da filha que também tem uma doença complicada. Estivemos um pouco á conversa. Para terminar, foi com o João Vieira Rodrigues. Saber como ele estava. Pois o genro faleceu á pouco tempo. É assim o rodar da vida! Esta é uma maneira de não deixar partir os tais elos! Usar o telemóvel como meio de lubrificação!!! É bom ouvir do outro lado o nosso amigo, o nosso camarada, o nosso companheiro da guerra. Por vezes, até serve de desabafo das coisas da vida. Á sempre de um lado ou do outro, uma palavra amiga ou uma palavra de conforto. Ás vezes, que bem que sabe.
É assim camaradas. Não deixem partir por completo a corrente. Se assim acontecer, pára a máquina da 2415. É o fim!! Espero que não. Neste Portugal conturbado, em que somos bombardeados todos os dias pelos jornais e pela televisão com notícias que nos incomodam, vamos tentar que o nosso elo de ligação continue com amizade entre nós e que a paz exista também em nós.




Para todos com amizade, um grande abraço. SANTA.

Sem comentários:

Enviar um comentário