* * * * Sábado, 20 de Maio ==> Convívio anual da "BRIOSA" 2415 em Montemor-o-Velho * * * *

domingo, 28 de dezembro de 2014

Novo ano 2015

Terminado o ano 2014, desejo a todos os camaradas da 2415 e respectivas famílias e a todos em geral, um 2015  com muita saúde, paz e amor. Que este novo ano seja melhor para todos nós.

          Estes são os votos sinceros do vosso camarada e amigo Santa.

sábado, 20 de dezembro de 2014

NATAL


A FESTA DE NATAL, convida-nos a desejar para os outros, tudo aquilo que seja bom.
A FESTA DE NATAL, não pode ser um banquete de arrogância e de rejeição, mas sim manter intacta para todos a Alegria a que o Natal nos convida.
Quando é que o homem pára na sua louca correria para o abismo de indiferença, antecâmara da sua autodestruição, e se lança com simplicidade ao encontro dos outros homens que vivem todos os dias a seu lado e se ignoram?
NATAL, antes de mais, é acima de tudo, a atualização de cada uma das nossas ações na nossa vida e em cada dia que passa. Bastava para isso, que o homem partisse as correntes do isolamento em que vive, saltasse para fora da jaula onde o colocam a ânsia da grandeza, ânsia do poder, a ânsia do domínio, a avareza, a indiferença para com o próximo e fosse ao encontro dos mais necessitados e marginalizados pela necessidade injusta e a todos abraçasse com AMOR E FRATERNIDADE. Fraternidade, cuja regra nos deve sempre orientar sem distinções: pretos ou brancos, ricos ou pobres, da esquerda ou da direita, optando sim, e em todas as situações, pelos mais oprimidos, os mais indefesos, os mais rejeitados pela sociedade e tantas vezes por nós próprios.
CORRUPÇÃO, CORRUPÇÃO, CORRUPÇÃO. BASTA! Dinheiro (aos milhões) que desaparece sem deixar rasto. Depois vem um: não fui eu, outro não fui eu, outro não sabe de nada. Parem meus senhores! Basta de tanta mentira. Então quem foi? Fomos nós? O povo? Aproveitem a quadra que atravessamos e tenham pelo menos a humildade de dizer a verdade. Pensem naqueles que passam fome, das crianças, tanta gente que não tem dinheiro para comprar medicamentos e pagar a sua renda de casa. Já viram que todos os milhões que desapareceram poderiam suavizar estes problemas? Que confiança pode ter o povo, deste país de flores á beira mar plantado, em vocês? Pensem! É NATAL. Que a paz inunde as nossas almas e que o amor paire sempre sobre nós e que os nossos políticos aproveitem este tempo que estamos a passar e parem um pouco para pensarem, uma vez que seja, em todos nós. Que na noite de Natal, quando estiverem á mesa, pensem naqueles que nada têm para comer e nas crianças que gostariam de ter um brinquedo e não podem.  O mundo, caminha a passos largos para o abismo. É altura de encurtar o passo se é que ainda vamos a tempo! Que os homens se encham de boa vontade e que a avareza, o poder e o fanatismo, dê lugar à fraternidade, à paz e ao amor.

Que a Paz que de BELÉM nos chega, habite em cada um de nós, e faça brilhar, neste mundo conturbado  a PAZ e o AMOR.

O Ex. Furriel Santa deseja a todos os companheiros da 2415 e suas famílias, um SANTO NATAL cheio de PAZ e AMOR e um ANO NOVO com tudo o que seja de bom. Especialmente muita saúde. Estes votos, são também extensivos ás famílias dos nossos companheiros que já partiram, aos que partilham connosco o nosso blog e ainda a todos aqueles que pelo mundo nos têm seguido.

                     UM ABRAÇO DO TAMANHO DO MUNDO PARA TODOS.

                                                                                                         Ex. FURRIEL SANTA.

                                                      

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

BOAS FESTAS


SANTA

          José Gil Ex. militar que esteve em Lione e Chala integrado na C. Caç. 2728, deseja BOAS FESTAS a todos os Ex. Militares que passaram por Lione e Chala.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------




Foto enviada pelo nosso camarada Gil

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Mensagem do Comandante

Em recuperação de um recente problema de saúde, o nosso estimado (ex-) Capitão pediu-me que expressasse a todos os companheiros e suas famílias o desejo de

BOAS FESTAS DE NATAL e 
FELIZ ANO NOVO

 Na certeza de exprimir o sentir de todos nós, retribui os votos e desejei-lhe um rápido restabelecimento.

Manuel Soares

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

NO MEIO DE TANTA COISA BOA TAMBÉM HÀ MÁS NOTÍCIAS...

Acabei neste momento de falar com o nosso Ex. Capitão Amado, e tive uma surpresa desagradável. Encontra-se internado em Alcoitão devido a um AVC. Segundo consegui perceber, está a recuperar bem. Daqui, do nosso blog, todos os companheiros da C. Cavalaria 2415, desejam-lhe as mais sinceras e rápidas melhores para que no próximo ano já possa estar connosco. Á família, com a mágoa pelo sucedido ao nosso bom e amigo Ex Capitão, desejamos coragem para enfrentar o que aconteceu. Que este Santo Natal lhe traga as rápidas melhores.

                                    EX. COMPANHIA DE CAVALARIA 2415 

sábado, 13 de dezembro de 2014

PARA TODOS UM FELIZ NATAL E UM NOVO ANO CHEIO DE PROSPERIDADES !

 
Os moderadores deste blog, nesta época que se intitula de paz, desejam aos ex-camaradas e famílias e a todos aqueles que nos honram com as suas visitas um Feliz Natal e um Novo Ano cheio de muita saúde.
 

domingo, 7 de dezembro de 2014

PARTILHANDO IV

Ora então cá vai a última partilha...














Estas brincadeiras foram feitas com uma navalha, uma pequena grosa e lixa! Fazer estas brincadeiras, servem para distrair e ás vezes passar o tempo!


SANTA. 

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

PARTILHANDO...

Ora então cá vai mais uma partilha...








Este é o aspecto do meu "BAR". Aqui passo bons bocados com os meus amigos.

Um abraço. SANTA.

                                                                           Continua...

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

A propósito dum caso testemunhado por mim em Moçambique

Vi ontem na Tv, por volta da hora do almoço, algo que me incomodou e indignou.   Tem a ver com este caso mediático de José Sócrates, mas incidindo sobre a ida de Mário Soares à prisão onde o suspeito está detido. Não com a sua atitude à saída da visita, na forma frontal, desconexa e até agressiva de enfrentar os jornalistas que, cumprem a sua missão, umas vezes bem outras nem por isso. Mas sim à entrada denotando, por mais evidente, um aspeto acabrunhado, arrastado e pesaroso, que a idade já não consegue esconder e que até me deu pena.
Aqui impõe-se, antes de tudo, o direito à privacidade, ao respeito que deve haver entre as pessoas. E, quer queiramos quer não, a pessoa em causa foi só presidente da republica, além de um dos principais protagonista da revolução de Abril, não estando em causa se positivamente ou não, pois isso levar-nos-ia a páginas e mais páginas de polémicas discussões.
Sou defensor de que os jornalistas deviam ter o bom senso suficiente de nos poupar a amostras desta natureza. Ou, então, se calhar, deviam ser as tais "figuras" idosas, a fintar os jornalistas evitando, assim, também, contribuir para as suas próprias situações degradantes.
E sou, também, dos que acham que somos todos iguais, mas há os que merecem ser mais respeitados  e protegidos e estes são aqueles que estão em fim de vida, como é o caso.
Devido a este acontecimento, veio-me à lembrança um outro, a propósito dum caso testemunhado por mim em Moçambique e, em meu entender, também, do mesmo teor de degradação. Refiro-me ao mítico ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela "Madiba", e sempre pensei descrevê-lo um dia aqui no nosso blog.
A oportunidade acabou por chegar e sucintamente foi assim:
Foi em Janeiro/2008, encontrava-me com amigos no aeroporto de Maputo, ainda no antigo que tinha um bar no terraço do 1º andar, virado para as pistas. Naquele momento, talvez, devido ao enorme calor, não havia gente no exterior , foi quando me esgueirei  até ao varandim para espreitar as movimentações em circulo dum pequeno avião a jacto a não mais de 30 metros do local em que me encontrava.
A dada altura o aparelho estacionou e logo alguém abriu a porta lateral virada para o meu lado, encostando ao avião uma pequena escada de embarque com corrimões.
De repente surge um avantajado carro preto que estaciona junto da escada e de dentro saem dois "guarda-costas" tirando de lá uma pessoa de cabelo branco de aspeto debilitado e inerte, segurando-a por baixo dos braços e transportando-a para a escada, pegando-lhe nas pernas, tipo cadeirinha, e depositando-a dentro da nave com a ajuda de mais alguém no seu interior.                                                                                                                              Esta operação ainda demorou algum tempo e foi acompanhada por uma mulher que vim a saber, mais tarde, se tratar de sua esposa, na altura, Graça Machel.
A surpresa tomou conta de mim ao constatar que estava a assistir a um episódio estranho duma pessoa extraordinária que eu tanto admirava e respeitava, precisamente Nelson Mandela e que, acima de tudo, nunca deveria ser sujeita àquela exposição e tão grande desleixo por parte das autoridades locais.
Lembro-me de ter ficado bastante indignado, por isso mesmo, pois entendia que este género de situações devem ser sempre evitadas e não divulgadas ao mundo, por serem degradantes.
Alguém quer imaginar que em vez de mim, naquele local e à mesma hora, se encontrasse um jornalista ou fotógrafo dum qualquer órgão de comunicação?
Evitar-se-ia dar a conhecer tal acontecimento se a operação de transbordo se tivesse efetuado dentro dum hangar do aeroporto. Simples e fácil, digo eu!
Pergunta-se: e porque não o fizeram? Dantes, eu responderia com a maior das facilidades, pelo óbvio: "Isto acontece pois estamos a falar de África"!
Agora, com a falta de discernimento e de respeito pela pessoa humana que parece tomou conta do nosso país, pelo caso que ontem vi pela Tv, acho não teria resposta e, assim, julgo estamos "empatados"!
Que o Pai Natal nos ofereça a todos muitos sacos cheios de "chicolates" e de bom-senso!!    
 
 
 
  
     
 

domingo, 23 de novembro de 2014

PARTILHANDO II...

Continuando a compartilhar com todos, algumas fotos e outras coisas, então aqui vai...













As pedras que estas fotos mostram, saíram desta pedreira (que é muito maior) que fica situada em Portunhos (zona de Ançã). Isto é: entre Coimbra e Cantanhede. Nesta zona existem muitas pedreiras mas todas elas já abandonadas. Delas, em tempos de outrora, saiu muita pedra para diversos monumentos nacionais. Situado nesta  pedreira á um restaurante muito bom que se chama precisamente "O RESTAURANTE A PEDREIRA". Neste restaurante pode ainda ver-se muitos "fósseis.

                                                                                                   Continua...

Mais uma vez, um abraço para todos . SANTA.

sábado, 15 de novembro de 2014

PARTILHANDO...

Como já disse no nosso blog, partilhar outros assuntos é uma maneira de nos manter em contacto uns com os outros, pois quem já não tem nada para contar da guerra, partilhar outros assuntos com os camaradas e amigos do blog é salutar!
Sendo assim, aqui vai algumas fotos que eu vou comentando. 
  1ª Parte:










Estas fotos foram tiradas na praia da Cova-Gala. Figueira da Foz. Sou um apaixonado pelo pôr do sol!

CONTINUA...

                                                                                                                      Um abraço. SANTA.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

HOMENAGEM

Hoje, dia 11 de Setembro, dia de S. Martinho, celebrou-se o 96º Aniversário da Grande Guerra 1914 - 1918 e o 40º  do fim da Guerra do Ultramar. Mais uma vez, a Associação dos Deficientes das Forças Armadas fez-se representar em Coimbra pela sua Delegação nesta cidade. Mais um ano passou e mais uma vez eu fui representar a A.D.F.A. nesta cerimonia. Elas começaram com Liturgia por alma de todos em geral e seguidamente a cerimonia final foi feita junto ao monumento onde estiveram presentes autoridades civis e Militares.
Claro. São momentos que nos levam á saudade daqueles camaradas que já partiram e em particular (e claro, da minha parte) dos camaradas da nossa companhia Que todos estejam em paz.


                                  Seguem-se as fotos dos dois monumentos em Coimbra.




                                                                   Um abraço. SANTA.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

OUTONO...

Outono. Pensei em escrever qualquer coisa. Pensei, e vai daí, vou até ao meu jardim. Não havia melhor sítio para escrever este texto, que não fosse sentado num dos bancos debaixo de uma pequena árvore (mas frondosa), onde se pode estar um pouco em silêncio, sendo este só interrompido algumas vezes pelo som dos pássaros que já estão habituados á minha presença.
 Sentei-me agora, olhei o Céu,e vejo-o um pouco cinzento. O sol, esse um pouco envergonhado, envia-me alguns dos seus raios como estando a dizer-me: Escreve depressa, olha a chuva!!
Do lado de fora do jardim, uma árvore de algum porte, vai-se despindo da sua roupa velha (as folhas). É o Outono. Caindo lentamente, ela vai ficar assim nua até á chegada da Primavera. Parei então um pouco para pensar e veio-me á ideia a convulsão do mundo.Pensei, pensei, e vi que a sociedade a nível de todo planeta persiste em viver em conflito. A guerra continua a ser escandalosamente um sentido (dizem uns) para atingir a Paz. Paz, que artificialmente se quer alcançar mas só para  dar aso ás máquinas de guerra que muitos criaram e continuam a criar.Em suma: chego á conclusão que a vida humana, perdeu qualidade e já não tem valor!
A ostentação da riqueza, é um topo de carreira para muitos, enquanto para outros a ostentação que carregam, é a pobreza! 
Quando é que o homem, pára a louca correria para a autodestruição? Os dias presentes, são de tristeza e de lamentação. Enquanto não for erradicado neste planeta, a fome, a doença que tantas vezes é provocada pelo homem, a injustiça, a opressão e a violência e os poderes pela força,vai ser assim. Não o é,só quando o homem se entender e que e que passe a viver em fraternidade. Não podemos deixar passar a vida ao nosso lado sem intervir nela. Não podemos deixar passar a injustiça, a opressão e a violência.
Já não bastam os cataclismos naturais que devastam tantas regiões do planeta: o homem não pára na sua louca correria para a sua autodestruição.Aqui, cabe também um aviso aos nossos políticos. Parem também um pouco para pensarem! Olhem para o nosso país com olhos de ver. Que acabe tanta corrup...
Neste momento, sou atropelado pelo meu cão.Com uma pequena bola na boca, pede-me para brincar com ele como me dizendo: acaba lá de escrever! Já chega!!
Entretanto o sol esconde-se e começa a cair teimosamente algumas gotas de água. É a chuva que me dizia também: vai-te embora! Tenho que abandonar o banco do jardim, pois a árvore que me acolhia, já não consegue fazer de guarda-chuva.É o Outono. Do lado contrário ao local onde me encontro, vejo agora com todo o seu esplendor, o arco-ires. Agora,o interior da minha casa chama-me.É tempo de recolher e passar o texto ao computador... Agora vou comer umas castanhinhas e beber uma " jeropiga " para aquecer.
   Já passei o texto para o computador e vou enviar...



    Um grande abraço para todos deste vosso amigo: SANTA.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

06-11-1969

Faz hoje anos que morreu

JOÃO VAZ DOS SANTOS

  ferido no accionamento de mina em 30 de Outubro

sábado, 1 de novembro de 2014

45 ANOS DE SOFRIMENTO. É VERDADE.

Amigo Moreira. Fiquei sensibilizado com a tua atitude. És realmente um grande Homem. Perguntas quem foi o culpado. Pois é. Dar uma resposta á tua pergunta dava pano para mangas. Mas a tua coragem, mostra para aqueles que ainda hoje dizem que fomos para lá passear que deviam já á muito tempo meter a língua no saco! As tuas marcas e as de muitos mais, mostram quão foi duro o tempo que por lá se passou. Passear? Sim. Alguns foram passear, mas não o Miliciano nem o Soldado... Quantos ainda hoje sofrem no corpo e na mente os episódios da guerra. É por isso que eu digo muitas vezes que a guerra não acabou, e uma das muitas provas, é a tua Já agora para amenizar a coisa, come umas castanhinhas e uma jeropiga!

Amigo Moreira. Um grande abraço para ti.

                                                                   SANTA

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

45 ANOS DE SOFRIMENTO


 
O nosso amigo Moreira é do género antes quebrar que torcer e, talvez por isso, sentiu agora necessidade de denunciar ao mundo o drama duma vida que tem carregado como se tratasse dum pesado fardo. Vai daí, conversou comigo para aqui no blog da 2415 poder descarregar um pouco desse infortúnio que tantos incómodos, físicos e psicológicos, lhe têm causado desde o fatídico dia do rebentamento da mina, a 30 de Outubro de 1969, numa coluna de Tenente Valadim para Luatize, da qual fazia parte.
Esta data é demasiado trágica para a Companhia, pois além dos graves ferimentos no Moreira, ainda pior foram as mortes do "Peniche" e do Corado e ainda de um outro militar do Batalhão.
Mas, em traços gerais, aqui se faz um pouco da história:
Foi evacuado para Nampula mas devido à gravidade dos ferimentos logo entenderam enviá-lo para Lourenço Marques onde deu entrada no hospital civil na área reservada aos militares.
Ao chegar já vinha debaixo do efeito das drogas para atenuar a intensidade das dores e ao ser observado pelos médicos ainda se lembra de os ouvir falar, dizendo um que as hipóteses de sobrevivência eram muito poucas e que o melhor seria evacuá-lo para o Hospital Militar em Lisboa.
Ali deu entrada 2 meses depois, em Janeiro de 1970 onde permaneceu ininterruptamente durante 2 anos e, em seu entender, foi devido à grande qualidade e competência dos Serviços, principalmente dos médicos e enfermeiros que lhe dispensaram todos os cuidados e tratamentos necessários que, afinal, acabou por sobreviver.
Teve de se sujeitar a tratamentos de enorme sofrimento e a várias intervenções cirúrgicas, que não deseja nem ao seu pior inimigo mas, como costuma dizer, acabou por ser a sua fé em Deus que o ajudou a vencer aquela dura batalha.
Agora que são passados 45 anos faz questão de se mostrar com todas as mazelas que lhe ficaram agarradas ao corpo para sempre e quer deixar uma pergunta no ar que gostaria que fosse respondida: AFINAL DE QUEM FOI A CULPA?
Felizmente, que o Moreira acabou por sobreviver. É um grande amigo com H grande.
(Moreira à época em Chala)
 

 
(E agora 45 anos depois)

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Desapontado...

Desapontado, é o titulo que achei adequado... para este pequeno texto. Parece-me, que o nosso blog chegou ao fim. Já me faz lembrar os nossos políticos: promessas, promessas, mas nada! Pela parte que me toca, acho que cumpri o meu dever. Agora... agora terminei. Os das promessas que entrem! Gostaria que o nosso blog não acabasse assim. Á tanta coisa que outros podiam contar. Porque não o fazem? Preguiça? Falta de interesse? Desmazelo? Não querem mesmo? Não sei.

Da minha parte, com muita pena minha desisti. Só se houver algo de muito importante voltarei.

    Para todos os camaradas em geral, um grande abraço para todos com amizade.

                                                                                          
        Ex. Furriel SANTA

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

APARECE SEMPRE MAIS QUALQUER COISA...

Isto, da minha parte, começa a ser como um conta gotas, de vez em quando, lá cai mais uma gota! Parece ser este o caso. Depois de tantas gotas que já caíram e ainda caiu mais esta!

 Não sei quem foi o autor desta mensagem. Pode ser que alguém se lembre. Pois como já é sabido, eu fui evacuado do Hospital Militar de Lourenço Marques com rumo á Metrópole para o Hospital Militar da Estrela, mais concretamente para os anexos que eram conhecidos pelos galinheiros. Alguns meses depois fui proposto a uma Junta Médica que me deu incapaz  para continuar. Ora. Quando isto aconteceu, ainda faltava algum tempo (só fazendo as contas) para o regresso da 2415. Entretanto casei e alguém se lembrou de me enviar o que agora encontrei:



É por esta e por outras, que eu digo: é bom voltar a trás no tempo e recordar o passado!

É uma coisa pequena? Não tem interesse? Tem sempre ! E quando (neste caso) a guardamos com o sentimento de amizade de quem a mandou, tem mesmo interesse!

Para todos, mais uma vez, um grande abraço. Pode ser que ainda caia mais alguma gota!!

SANTA



segunda-feira, 13 de outubro de 2014

PARA TAPAR O VAZIO...

Aqui vai mais um poema do nosso camarada Capitão Calvinho.

                                            MEU CAMARADA COMANDO

Meu camarada Comando
Meu camarada Soldado
Fala-te um homem marcado
Com cicatrizes no corpo.
Foram essas marcas da carne
De quando era Comando
Que me rasgaram na alma
O véu da submissão,
O véu do obscurantismo,
O véu da escravidão,
Que me tapava a razão
De servo fiel do fascismo!
-- Eu era forte, irmão!
Era robusto e valente;
Eu ia sempre na frente!
Eu tive uma «cruz de guerra»...
Lá...longe da minha terra.
--Meu camarada Comando
Meu camarada Soldado:
Medita só um bocado
Na triste realidade
Do que é um homem marcado
Por lutar contra a verdade!
...-Um certo dia distante,
Na terra dos Africanos
Um jovem cheio de enganos
Rebenta a «mina» fatal.
Meu corpo jovem e forte
Andou entre a vida e a morte.
Depois:
Foi o sofrimento...o hospital,
Amputações, torturas no corpo
E na alma...Era despojo de guerra!
Mas foi o meu despertar
Da longa noite de sono;
Da longa noite de cego;
Da carne que fui para canhão!
--Meu camarada Comando
Meu camarada Soldado
Meu camarada irmão
Eu sou um homem marcado
Do tempo que fui Comando
Mas hoje apenas soldado.
Não sou melhor nem pior;
Nem sou sequer diferente
Eu sou apenas do Povo
Como fui antigamente
No tempo em que guardei gado.
Transporto no corpo o meu fardo
Dos tempos que fui Comando
Mas numa alma esclarecida
Trago mensagens de vida.
--Fala-te um mutilado
Com muitos mil a seu lado
Muitos Comandos penando
Milhares de homens sofrendo
Não queiras ser o que eu fui
Um fratricida iludido
Um Comando Comandado
Contra um Povo oprimido!


                                             Para todos um abraço. SANTA

sábado, 11 de outubro de 2014

11-10-1969

Dia de honrar o nosso

 HENRIQUE RODRIGUES

no 45º aniversário da sua morte
na guerra

 (relembre aqui e aqui)

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

A VONTADE DE CONTINUAR...

É mesmo. A vontade de continuar! E é com a vontade de continuar que dou mais uma achega ao nosso blog. Mas, não dá para mais! É com pena que vejo o nosso blog parado sabendo que á ainda tantos camaradas que têm tanto para lhe dar mas estão adormecidos !! A vida não pode parar. Não podemos ser apossados pela solidão ou pelo desinteresse. A vida tem de andar para frente com alegria e optimismo. 

A foto que se segue mostra isso mesmo. Vejam só a coboiada!!



Aqui na foto, estão pernetas e manetas!! Mas não é por isso que não se dá alegria á vida. A vida tem que ser levada a brincar. De contrário ( como se costuma dizer) morre-se mais depressa.

No passado Domingo, realizou-se em Lisboa  a "CORRIDA PELA PAZ".  Organizada pela Associação dos Deficientes das Forças Armadas e pela Liga dos Combatentes. Claro que, mais uma vez, parece não ter tido grande importância para a comunicação social. Mas já não é novidade. Deu-se início á corrida na Avenida da Liberdade, terminando em Belém junto ao monumento aos mortos da guerra do Ultramar tendo os deficientes feito praticamente os últimos quatrocentos metros . No fim, foram entregue as medalhas, seguindo-se a homenagem devida aos nossos camaradas falecidos.


O Presidente da A.D.F.A. e da Liga dos Combatentes depositando uma coroa de flores no monumento. Que os nossos camaradas descansem em PAZ.


E pronto. Por agora é tudo. Voltarei quando houver algo de interessante para o nosso blog. Esperando agora , que outros acordem e que continuem!! Eu cá fico á espera.

Até lá, um grande abraço para todos deste vosso camarada: Ex. Furriel Santa.



sexta-feira, 26 de setembro de 2014

FIM DA VIAGEM AO MUSEU...

Terminando a viagem ao museu, aqui vão as últimas fotos.







De seguida, por curiosidade, aqui vão algumas fotos do museu automóvel de Famalicão.









                                                                 Um grande abraço para todos. SANTA.