quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Duas fotos ... e um poema

Por: F. Santa


Mais duas fotos desencantadas do baú! A primeira já não me lembro o que estaria a cantar, onde e em que contexto, a segunda, sei que foi tirada no hospital militar. Já estaria quase de saída.


 2013

Começámos um novo ano. Esperamos todos que este nos traga mais alegrias que o 2012. Se assim não for, pelo menos que nos traga saúde serenidade e muita fraternidade entre todos os seres humanos. Que o mundo passe a partir de agora a ser um pouco melhor e que a humanidade se entenda.

Camaradas. O nosso blog continua à espera de vocês! Tirem cá para fora as vossas histórias, enviem as vossas fotos de guerra. A fonte começa a secar e é uma pena que ela seque podendo continuar a deitar água!!


           Aqui vai mais um poema do nosso camarada Capitão Calvinho:


 TAMBÉM SE AGREDIAM CADÁVERES

Zé Manel:
Lembras-te
quando, naquela tarde
de chuva
daquele dia arrasante,
sinistro,
agrediste a pontapé
aquele homem qu`eu matei
quando fugia?!
--- Nunca te esqueças
Zé Manel
--- É preciso que grites
bem alto!
Para que todos saibam
que houve uma guerra
de treze anos terríveis!
--- Que o saibam
e nunca se esqueçam!
Para que se evitem
outros pés
em Zé Maneis
torturando cadáveres
de homens que não morrem!



     Mais uma vez, um abraço e um bom ano 2013 para todos.

                             SANTA
     

Sem comentários:

Enviar um comentário