sábado, 10 de novembro de 2012

Tintins da felicidade!

Como sempre o faço cá estou de novo a divulgar mais um livro do grande romancista António Brito que, como todos nós,  também penou na guerra ultramarina, precisamente em Moçambique.
Especialista em contar histórias sobre o dia a dia dos combatentes, todas baseadas na sua vivência, não poupa na crueza das palavras o que, em meu entender, torna os seus romances autênticas obras primas.  
De certeza que ninguém fica indiferente, pois em cada página que lemos somos atirados  para personagens do livro.  Em tudo, principalmente na pormenorização dos acontecimentos, que nos reaviva a memória e nos enche de gozo.
O livro tem por titulo "Sagal - Um herói feito em África".   O nome do "herói" Sagal  tem a ver com a localidade em Cabo Delgado pois parte da história é passada naquela zona.
A sua leitura leva-nos duma penada à "nossa guerra".  Para os que não se incomodam com isso, recomendo vivamente que leiam a obra.
Aqui fica um pequeno excerto que toca naquele assunto que todos os combatentes, sem excepção (digo eu),  se preocupavam em defender o mais possivel.   Infelizmente muitos não o conseguiram!
(Grande Foice = morte)




Sem comentários:

Enviar um comentário