terça-feira, 14 de agosto de 2012

Seis instantâneos

por F. Santa
(Do album do Fur. Paulo)


Esta foto não sei onde foi tirada. Alguém sabe? É o Furr. Paulo e o outro não me lembro do nome.


A segunda, não sei do que se trata, mas que os rapazes eram trabalhadores, lá isso eram... Claro! Com o Furriel Paulo a dar o exemplo!
Onde foi isto? Se alguém souber pode descrever do que realmente se tratava...





Eis o nosso camarada Furr. Paulo na cozinha! Mas será uma cozinha? Reparai na alta tecnologia do fogão, e da bancada! O que estará ele a confeccionar? Olha se já houvesse A.S.A.E.!





 Agora mais uma vez o nosso Ex. Furr. Paulo e com certeza o produto de uma caçada. Será? E onde?











O Furriel Paulo e um dos habitantes da aldeia. Julgo ser em Lione.



Que Três! Furr. Paulo, Furr. Moreira e Furr. Vale no monumento da Companhia em plena parada do aquartelamento de Lione.






                                 Para todos um abraço. Santa


1 comentário:

  1. Saudações e um abraço a todo o pessoal da 2415. Uma vez publicadas seis fotos do meu album, compete-me a mim, claro, comentar tais ilustrações uma vez que estava lá presente nesse lugar, na hora certa e carregado de juventude. Por ordem de apresentação das fotos, temos primeiro uma berliet minada na picada de Luatize, que além de mim estava presente o "checa", furriel Lopes, que veio substituir o nosso camarada Santos. Na segunda, que se trata duma reparação do "asfalto" de Chala, temos por ordem (da esquerda para a direita) o pessoal do 4.º grupo de combate: -Conceição, Borrego, Afonso, Lindeza, Silva e Chora. Na terceira foto, trata-se realmente da cozinha de Chala em Janeiro de l969. Hoje já tem azulejos e ar condicionado. Na foto seguinte, o leopardo está aos meus pés, mas não fui eu que o matei. Parece que foi apanhado, com rede, pelos caçadores da povoação de Lione, em Fevereiro de 1969. O furriel Vale ainda fez bifes do animal, que comeu e ofereceu. Em quinto lugar temos o mainato mais utilizado nos serviços de limpeza e lavagem de roupa do aquartelamento, mais conhecido por Joaquim. Por último já toda a gente foi identificada, junto ao monumento que simboliza dor e sacrificio. Do ex-furriel Paulo.

    ResponderEliminar