segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Legendas ... precisam-se !!!

Por: F. Santa  
(Fotos do arquivo de M.O. Morgado)  

 
A primeira foto, onde será! António Enes? Será o início de um passeio turístico pelas redondezas?
A segunda   mostra um salão do Vera Cruz. Alguém se recorda? Esta foto cria-me uma certa nostalgia ao vê-la!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    Não tenho comentários para estas duas fotos. Alguém tem?
    Abraço para todos do Santa.

sábado, 29 de outubro de 2011

30-10-1969 NÃO ESQUECEMOS

(Lápides no Monumento do Bom Sucesso, em Lisboa)

.  .  .


Este foi o dia mais mortífero de toda a comissão da CCAV 2415: accionamento de mina na picada T. Valadim-Luatize.
Dois mortos no local (além de outro do Batalhão de Valadim) e vários feridos graves.Um não sobreviveria mais do que uma semana: O João Vaz dos Santos, que aqui será recordado a 6 de Novembro. Outro foi o radio-telegrafista António Nelson Mendonça MOREIRA, que felizmente continua entre nós e que merece os nossos PARABENS!!!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

VAMOS CONTINUAR

Por: F. Santa     

Vamos  começar uma nova série de fotos que me foi enviada pelo nosso camarada Furr. Morgado. Como vêem, é simples participar no nosso blog com o envio pelo correio das mesmas, que elas depois serão devolvidas novamente ao seu dono. Não só fotos, mas também textos contando episódios da nossa guerra, como o que se segue: 







O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.
Esta foto  foi tirada na picada para Chala. Segundo sei, este elefante foi encontrado morto por uma das nossas colunas que para lá se dirigia. Segundo parece, ele morreu numa luta travada com outro(s), o que deixou uma clareira bem visível através da floresta.
Ora, isto não teria grande história se fosse só assim, mas na verdade a continuação deste primeiro relato tem mais picante, só que eu não a sei contar. Fico à espera que alguém a conte, pois tem a ver com os dentes do bicho! Vamos a isso.



O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.
Para sublinhar o atrás descrito, aqui está esta foto mostrando o nosso camarada Morgado com um dos dentes! Se ninguém  souber contar eu vou tentar saber se o Morgado se recorda e se me a envia. Segundo sei ela tem o seu quê de sarcasmo! Agora vejam o penteado do nosso camarada. Que tal a sua pose? Já  viram o sapatinho e a meia? Pois é: grande vaidoso!
Cá  fico à espera que alguém tenha coragem e me surpreenda ao entrar no nosso blog e contar a história toda ...


O filme continua. Um abraço como do costume, do Santa.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

VARIANDO...

Por: F. Santa  

MAS QUE DOIS !!

O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.  Quem compõe uma legenda para esta foto?
E agora, como curiosidade para aqueles que já não se lembram e também para os mais jovens, eis alguns dos selos que eram utilizados na altura na correspondência  para a então “Metrópole” (claro que também existia o famoso aerograma, mas esse não levava selo...) :
O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.


Estive há poucos dias com o autor do texto que se segue. Tive o prazer de o conhecer pessoalmente e assistir a uma palestra sobre a integração dos combatentes. Foi simplesmente extraordinário!



O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.



Vejam só! Acho que estas duas fotos merecem um comentário!



Um abraço. Santa.



sábado, 15 de outubro de 2011

Esmola Anual

Alguém sabe se a esmola anual que alguns de nós costumam receber durante o mês de Setembro, de cada ano, em virtude de ter pago o excedente do aumento do tempo (50%, 40%, 20%, 10%, .......... etc.) de serviço em África, que importa em pouco mais de 100 euros este ano já foi debitada? Penso que não, mas de qualquer forma gostava de ter mais certezas e saber se alguém recebeu este ano!
Manuel Magalhães

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

11-10-1969 NÃO ESQUECEMOS

(Lápide no Monumento do Bom Sucesso em Lisboa)
Caiu na emboscada à coluna para Valadim.
Já publicado aqui o filme desse dia de má memória.



domingo, 9 de outubro de 2011

COMO O MUNDO É PEQUENO!!

A Associação de Ex-Residentes no Parapato está a realizar neste fim de semana o seu habitual encontro anual.  Esta Associação foi formada pelos ex-residentes de Antonio Enes,  no regresso a Portugal depois do 25 de Abril verificando-se, ainda hoje, a sua enorme união e solidariedade. Quanto ao nome Parapato deriva de um monte que se localiza nos arredores daquela cidade. Era precisamente para aquele local elevado, de excelente vista panorâmica à volta de toda a cidade, que  se deslocavam as familias de A.Enes  nos momentos de lazer disfrutando, se calhar, duns belos pores-do-sol africanos!
Em virtude de ao fim de tantos anos ter vindo a encontrar o amigo Xai-Xai (filho)  que conheci durante a nossa estadia naquela cidade, como já tive oportunidade de aqui relatar, tenho acompanhado através do facebook a reunião daquela gente simpática que, ao arrepio da saudade (esta palavra só se deve aplicar em português), vão inserindo e passando imensas fotos dos seus momentos inesqueciveis naquela cidade.
E, eis senão quando, dou de caras com esta foto que me deixou tão satisfeito. Sabem quem é o engravatado de fato claro ao lado da  "fadista"?
É esse mesmo: O "morcón" do nosso enfermeiro Zé Miro do Porto, carago! Aqui metido na pele de  vocalista dum conjunto musical!  Se bem me lembro, esta "casa de espectaculos" era um restaurante e ficava a meio da avenida lá para os lados do Inguri, onde aos sábados à noite alguns lá iam comer o habitual frango à cafreal ou bife, enquanto o Zé Miro nos "deliciava", entre outras, com imitações italianizadas  de algumas vedetas da época!  Ganda Zé Miro, para mim serás sempre um Xico Fininho: "com merda na algibeira... o Xico Fininho... o freak da cantareira"!!
Bem gostava de te rever. Aparece pá. Ou será que ficaste em Angoche??     


quinta-feira, 6 de outubro de 2011

UNIMOGs ... "e não só" !

Por:  F. Santa
 
O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.
ESTE ERA O FAMOSO “UNIMOG 404":



    Tracção às quatro rodas, potência de 80 cv, velocidade Máx. 90 Km/h, autonomia máxima de 150 Km com o tanque cheio – 120 litros. Este “bichinho” em condições extremas não era nada económico, pois consumia exageradamente. 
Foi num Unimog igual a este (mas sem cobertura) que eu tive a minha história de guerra, isto é: o meu acidente que já  atrás descrevi neste blog. 




O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.

E este  o “UNIMOG 401":



O UNIMOG 401, era conhecido pelo “Burro do Mato”
Capacidade de carga 1400 kg, tracção ás quatro rodas, potência de 34 cv, velocidade máxima de 53 km/h e em terreno em mau estado 20 km/h. O depósito leva aproximadamente 70 litros, para uma autonomia máxima de 600 km.  

Espero que todos os alunos a quem dei o endereço do nosso Site tenham gostado. Tentei mostrar aquilo que pediram. Mesmo assim vão vendo porque aparecerão sempre algumas novidades... 





O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.

Quem se lembra?
O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.


Para todos e como do costume, um grande abraço para todos.
SANTA