domingo, 6 de novembro de 2011

06-11-1969 NÃO ESQUECEMOS

(Lápide no Monumento do Bom Sucesso em Lisboa)
O João V. Santos foi o último dos nossos camaradas da 2415 morto em combate: tinha sido ferido na explosão da mina do dia 30 do mês anterior, quando o Peniche e o Corado tiveram morte imediata, na picada entre Luatize e Tenente Valadim.

Foi aqui publicado no ano passado um expressivo texto do vizinho e amigo de infância dos seus filhos, sr. António Matos, que aconselho a reler ("clicando" aqui), pela sua tocante humanidade. É também uma homenagem à viúva, D.Conceição, e nela a todas as heróicas Mães de órfãos de guerra.


 

1 comentário:

  1. olá camaradas.É sempre bom lembrar aqueles nossos camaradas que partiram,eles que foram nossos companheiros dos dias bons e dos dias maos.Para eles, neste mês que corre que as suas almas estejam em páz.
    Julgo que até agora o Sr. António Matos nada mais disse sobre o Vaz dos Santos. Era bom que ele e atraves da espôsa dele (do Vaz dos Santos)podesse dizer mais alguma coisa.

    Santa

    ResponderEliminar