domingo, 15 de maio de 2011

COIMBRA 2011 - IV

Chegou entretanto o momento de lembrar os ausentes, sobretudo os que já deixaram esta vida, quer em África, quer já depois do regresso. Esteve a cargo do Santa, nosso anfitrião, fazer uma sentida alocução (pode sr lida aqui: pág 1 pág 2 , pág 3). Os nomes dos companheiros que partiram antes de nós estavam dignamente emoldurados num quadro, ornamentado com um ramo de flores e alumiado por uma chama acesa, símbolo da nossa saudade e da nossa homenagem. Por eles foi mantido um minuto de silêncio, cumprido respeitosamente por todos os presentes.
















Sem comentários:

Enviar um comentário