terça-feira, 12 de abril de 2011

Comboio do Catur: Ida... e Volta!

Cerca de ano e meio separarão as viagens aqui documentadas : na primeira também participei, trata-se da deslocação entre o porto de Nacala e o Catur (a caminho do Lione),  ocorreu em agosto de 1968, e dela já foram aqui relatadas algumas peripécias bem humoradas. Parece que o "clip" termina com a primeira coluna para o Chala, do pelotão do repórter...


Já a viagem de regresso é, para mim, totalmente inédita.É a ida de Vila Cabral (onde o comboio, entretanto, já chegava)  para António Enes (Angoche) para o "repouso dos guerreiros".... Por essa altura gozava eu as delícias do Sagal, no Cabo Delgado. Mas arrisco Janeiro ou Fevereiro de 1970...  Apareça aqui (nos comentários) a confirmação ou desmentido. E mais pormenores sobre a mesma!


Ao M.Magalhães agradecemos as reportagens...
.

1 comentário:

  1. Depois deste grande "close" do nosso Comandante é obrigatória a sua aparição neste blog dizendo de sua justiça!
    Repararam em como os anos não passam por ele? E já agora, o porquê do camuflado novinho em folha quando o pessoal, em fim de comissão, andava todo rôto e desbotado?
    Esta viagem de comboio de Vila Cabral para Antonio Enes em Fev.1970, quanto a mim, não chegou a Nampula. Acho que descemos muito antes em Nova Guarda (hoje chamada Cholué)onde nos dirigimos à Secção de Quartéis e daí rumamos para o marisco de António Enes mas por picada. Será? Quem melhor que o nosso Capitão para
    esclarecer as duvidas que por aqui se vão levantando?

    ResponderEliminar