quarta-feira, 26 de maio de 2010

SAUDADES DA BEIRA - 4

SINAIS DOS TEMPOS
---------------------------------
Nunca será demais vincar-mos bem as realidades à nossa volta. E, de novo, aqui vou deixar mais um cruel testemunho, mostrando à evidência como é  triste e chocante assistir-se à degradação dum país, seja ele qual for.
Recebi um email dum amigo, em Moçambique, que faz o favor de acompanhar, com a curiosidade necessária,  o nosso blog, e que diz:

"Amigo Castro - No blog da V/Companhia têm escrito sobre a Beira. Para recordar aqui lhe envio 4 fotos para poderem comparar ainda melhor o antes (1975) e o depois (2007 - 31 anos após a independencia) ".

Quatro fotografias valem por milhões de palavras!!!!!







terça-feira, 25 de maio de 2010

Para a história...

                                                ... e como homenagem aos Pioneiros que o organizaram, aqui fica a convocatória do nosso primeiro convívio, no David da Buraca !


e, como na altura ainda se não pensava em GPS, não foi esquecido um útil croquis:




quarta-feira, 19 de maio de 2010

MAIS UMA VEZ A RECORDAR

Por: F. Santa  


    Este foi mais um dos convívios da malta! Sinceramente não sei em que ano foi. Sei que foi na zona da Mealhada mais propriamente em Antes. Já agora se alguém se lembrar do ano que diga alguma coisa. Aqui estiveram presentes à volta de cinquenta camaradas com as suas famílias. Cá vou ficando à espera de novos textos e fotografias que ficaram prometidas durante o nosso último convívio, avaliando a quantidade prometida vai ser bom mas só que o tempo vai passando e nada!!! Vamos esperar, pois de um momento para o outro algo pode acontecer. Assim espero.
              Já agora se a Isabel (filha do Pires) vier ao nosso “site”, é só para lhe dizer que continuamos à espera das fotos e perguntar quando é que voltam a Coimbra.
     
                                   
                                            Do Ex. Furriel Santa, um abraço para todos.


quinta-feira, 13 de maio de 2010

BOLOS E TOLOS


Vou ter de me socorrer uma vez mais do bolo que encerrou o nosso almoço no passado dia 1 de Maio em Coimbra. De resto, nunca será demais lembrarmos a sua excelente qualidade, perfeição e beleza.                                                       
     
           Mas, desta vez serve unicamente de comparação com o bolo que abaixo podem ver. Mesmo parecendo que não, realmente é um bolo e  serviu para comemorar o meu 22º aniversário  passado em Lione em Setembro de 1968.
Tem os ingredientes quase todos que um bolo deve levar: ovos e  farinha, produtos adquiridos  às mulheres da  aldeia através de trocas comerciais, eu dava-lhes os comprimidos que  tinham as rações de combate e que serviam, acho eu, para  a desidratação,  fazendo passar a mensagem que estes "milagrosos" comprimidos combatiam qualquer dor principalmente a de cabeça a que chamavam de "murrinhanha", juntando sempre,claro, mais algumas "quinhentas"! E, em troca,  recebia os imprescindiveis ovos e, para este cozinhado especial,  desta vez, foi usada farinha de milho peneirada.
Como se verifica pela foto do "cake" é  bem visivel que o dito em vez de crescer, diminuiu e bem. A sua pequenez deve-se ao facto de que, por aquelas paragens, ainda não era conhecido o fermento royal que faz crescer esse tipo de iguarias.
Mesmo assim, ficou uma obra prima, nada parecida ou semelhante com  a do almoço em Coimbra que o retrato tão bem mostra mas,  havia datas que  era  obrigatório e aconselhável  lembrar  para não esquecermos quem  eramos e de onde vinhamos! Se calhar podemos até chamar-lhe, pomposamente, sobrevivência da identidade!       
No evento participaram com todas as "ganas" os tolinhos, além de mim, o Moreira, o Baptista e o falecido Adão.  As velinhas foram substituidas por cigarros com pontas de fosforos para se cantar a plenos pulmões "Parabens a você"! 
Quero aproveitar, ainda, para prestar  uma homenagem merecida ao forno (aqui num grande "close")  que diáriamente cozia o pão que tantas vezes nos matava a fome  e que tão bem soube cozer aquele bolo.

 
E a terminar quero homenagear as mulheres da aldeia de Lione (acho que eram de étnia Macua)  que  tanto nos ajudaram (Há alguém que diga o contrário?). Aqui estão elas dançando uma batucada!




RECORDANDO

Por: F.Santa    

1995 

   Quem se recorda deste convívio? Foi na “Buraca” em Lisboa.
Que saudades eu tenho deste convívio, onde esteve quase toda a malta. Nesta foto pode ver-se parte do terceiro pelotão. Destes que estão aqui, nos últimos convívios só eu e o Miranda temos estado presentes. Por onde andam os outros? Que bom se para o ano aparecessem! Surpreendam-me!!!

               Já agora aproveito (pois já o devia ter feito) para agradecer a todos os camaradas que estiveram presentes no almoço de aniversário deste ano bem como às respectivas famílias. Um bem haja a todos,  e que para o ano possamos novamente dizer presente, mas em maior número!

                   Um abraço para todos deste vosso amigo,

Ex. Furr. Santa.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Convivio em COIMBRA - 7




Para completamento das excelentes reportagens fotográficas dos amigos Soares e Magalhães, não poderia faltar a foto da belissima obra de arte que é o bolo, antes de ser comido!     Posso garantir, pois observei-o ao mínimo detalhe,  que estava exactamente igual ao emblema da Companhia.
Parabéns, pois, ao profissional que tanto se esmerou na sua confecção. Pena ter sido comido!
Para o ano há mais! 

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Convívio em COIMBRA - 6


Já com os estômagos devidamente aconchegados (com as entradas, o arroz de tamboril e o lombo de porco, condignamente regados, como é da praxe), foi a altura de o nosso anfitrião, o incansável Fernando Santa, providenciar algum alimento ao espírito. Com o jeito que lhe reconhecemos, leu um muito bem elaborado discurso (que podemos ler clicando na imagem junta), resumindo a nossa vivência em terras africanas, as sequelas físicas e psíquicas das privações sofridas e modo como os poderes públicos (não) tem reconhecido o esforço dos Combatentes pela Pátria. 
Particularmente emocionante foi o momento final, em que foram invocados os Camaradas que já não estão entre nós, incluindo os falecidos depois do nosso regresso. Os seus nomes  estavam emoldurados num "quadro de honra" numa das mesas.













terça-feira, 4 de maio de 2010


Lembrando  05-05-1969


Sarg. Carvalho e Fur. Santos


SEMPRE  CONNOSCO !!!

(Recorda aqui o testemunho do Santa de há um ano)




Convívio em COIMBRA - 5



















Convívio em COIMBRA - 4

Entretanto foi chegando a hora de "colocar os pés debaixo da mesa". Foi só atravessar a estrada (com atenção ao trânsito...) que o restaurante era a poucos metros:















 

(a continuar ...)




segunda-feira, 3 de maio de 2010

Convívio em COIMBRA - 3



Mais algumas fotos do pessoal da Briosa, antes da formatura para o rancho:  

 (Lembro aos leitores menos experientes, que podem ver as fotos ampliadas "clicando" em cada uma...)