sexta-feira, 3 de setembro de 2010

RECORDAÇÕES E SAUDADE

Por: F.Santa   

         Amigo Artur,

     Ao ver as imagens fotográficas que enviaste para o nosso cantinho da saudade, principalmente de Vila Cabral, Lione e Chala, não pude deixar de verter algumas lágrimas (porque o homem também chora) e um certo arrepio motivado pelos momentos que foram lá passados. Senti saudade não pelo facto de ter estado lá pelo motivo da guerra, mas sim saudade das coisas e locais, dos bons e maus momentos que todos passámos naquela terra.
    Ao ver a picada para Chala, fez-me reviver os quilómetros que nela percorri e todas as peripécias nela passadas, e como não poderia esquecer foi onde tive a minha última viagem de má  memória como sabem. Sobre o Lione, fiquei triste por toda aquela desolação. O nosso emblema e o edifício de oficiais e sargentos terem desaparecido. Acredito que deves ter sentido algo muito estranho e ao mesmo tempo desapontado com o que te foi dado ver em Lione, eu próprio julgava ver mais da nossa presença.
   Quanto ao campo de futebol, lembro-me perfeitamente. Sobre as morteiradas mandadas dos montes que se vêm não sei bem se foram de lá ou do lado de Chala, talvez alguém com melhor memória se lembre. Falando do emblema da nossa companhia, da maneira como parece ter sido arrancado estará com certeza a fazer decoração em qualquer lado como “troféu”.
     Pois é Artur. O tempo passa mas a memória ainda que ténue, retém todas as vivências passadas por aí, e se as pilhas não falharem, elas irão connosco até ao fim das nossas vidas, e quem sabe se os nossos filhos e os nossos netos não continuarão pela vida fora, aqui e ali, falando e mostrando as nossas fotos que ficarem nos baús das nossas recordações e alimentando-as através  da Electrónica ou seja: dos computadores.
     Obrigado amigo Artur pelo “ Filme “ que nos ofereceste. Fizeste um excelente trabalho. Já agora, porque não, quando regressares a Portugal, combinar-mos um encontro em qualquer lado, eu o Soares, o Paulo e mais alguém que queira, para trocar-mos impressões sobre a tua viagem pelos caminhos da nossa companhia? Que dizes? Acho que era boa ideia. Pensa nisso.

         Recebe um grande abraço deste teu amigo e camarada e também para todos aqueles que fizeram parte dos “ AUDACIOSOS “ – FORTUNA  AUDACES  JUVAT.

                                                                              Do Ex. Furr. SANTA

1 comentário:

  1. Obg. Santa pelas tuas palavras. Fi-lo, como já disse, o melhor que pude, com todo o prazer e emoção. Acho que qlq. um de nós faria o mesmo caso tivesse oportunidade. Qt. às lágrimas, acredita que já aconteceu a muitos mais. Tive alguns feed-backs a assumirem o mesmo. O que é mt. natural e humano, convenhamos!
    Quero informar-te que regressei a Portugal há quase um mês. E quanto à ideia que lançaste sobre uma troca de impressões sobre o tema estou, como sempre, de braços abertos para o encontro poder avançar.
    Aguardemos pelos eventuais interessados, entretanto vou iniciar meus contactos.

    ResponderEliminar