quarta-feira, 16 de junho de 2010

DESABAFO

Por: F. Santa



     Quando decidi escrever estas palavras foi para desabafar e não para contar mais uma das histórias de guerra, mas pela ausência das mesmas. Sinto que existe uma tremenda falta de vontade por parte dos camaradas em entrar neste nosso cantinho a que eu chamo “cantinho da saudade”. Porquê? Não sei responder. Ninguém é obrigado. Só sei que entre nós deveria existir uma amizade diferente de todas as outras. Fomos companheiros e amigos durante a guerra em condições especiais: de tristeza, angústia, incertezas e de ausência familiar. Confortámo-nos muitas vezes uns aos outros, foi tudo demais para agora se perder no tempo. Sou daqueles que penso que a amizade é um dos valores da vida. Para quê toda esta conversa? Perguntam vocês. Ela tem uma razão de ser. A falta de colaboração dos camaradas. Ainda tenho presente o nosso último convívio, episódios de guerra contados por todos e fotografias mostradas por alguns e tantas promessas feitas com o envio das mesmas para este nosso “cantinho” mas, como se costuma dizer, depois de um mês passado, só promessas!!!! Espero que me não levem a mal por escrever estas linhas, mas é a força e o meu querer para que a nossa amizade não acabe. Agora que estamos no resto das nossas vidas, é nesta altura que precisamos mais dela.
   Sendo assim, prometo que não volto mais a tocar neste assunto deixando o mesmo à consideração de cada um, que o nosso “cantinho” não morra pois pela parte que me toca quero ver se a “ corda “ não parte pelo meu lado.
    Para terminar este texto, aproveito para relembrar os que estiveram neste último convívio e lembrar e informar aqueles que não estiveram, que o próximo 43º aniversário por unanimidade, volta a ser em Coimbra. Deixo desde já aqui um apelo: Já que não colaboram no nosso “site” apareçam em força, pois é com uma alegria imensa que os recebo cá e lembrem-se de uma coisa, é um camarada e um grande amigo que vos escreve. Poderia eu também baixar os braços e desligar-me do nosso “site”, mas isso era já admitir a derrota antes do jogo acabar! Espero que mais alguém pense como eu e com mais ou menos dificuldade me ajude a que essa derrota não aconteça. Nós que até temos no nosso Guião a palavra “AUDACIOSOS” vamos agora perder o significado que ela encerra? Pela minha parte acho que não. Audaciosos até ao fim, proponho eu.
   Acho que desabafei parte da minha desilusão, faço votos para que no seio de nós todos alguém de boa vontade me ouça. Como disse, não mais voltarei a lamentar-me sobre este assunto e peço desculpa se fui ousado demais.

Olá Castro! Cá estamos nós a “regar” o nosso “ site” como de uma flor se tratasse para não secar!!!! Acabei agora de ler o teu texto e gostei. Um abraço para ti. 

Para todos, deste vosso camarada e amigo, um grande abraço do Ex. Fur. Santa.
     

5 comentários:

  1. Amigo Santa, Claro que este "cantinho" como tu lhe chamas não vai acabar, pelo menos para já e enquanto existirem histórias "veridicas" antigas e porque não actuais que tu, eu, Soares, Magalhães, Paulo, Vivaldo (desculpem-me os colaboradores não referidos) tivermos bem presentes na nossa memória.
    Acho bem deixares de te preocupar com a falta de colaboração da "malta", deixaste mais uma "amargura" para trás. Eu já o fiz há algum tempo! Tal lapso, infelizmente, acontece em todos os blogs deste género e o nosso não podia fugir à regra!
    E para continuar a "regar a flor", dentro de dias vou até aos nossos locais de culto (fisicamente e não mentalmente), de onde espero mandar fotos e noticias para gáudio de TODOS os camaradas da 2415.
    Abraço e boas ferias para todos.

    ResponderEliminar
  2. Camarada resistente, um abraço.
    Como obter reacções dos nossos leitores?...
    Espicaçar ou lamentar?... A colaboração de todos nós no blog está sujeita a várias condicionantes e cada um justifica a sua ausência alegando razões ou motivos que teremos de compreender e aceitar. Não devemos estranhar, pois a vida é mesmo assim. Como desbloquear tal situação? Falar é mais fácil que escrever.
    Depois de bem comidos e bebidos na nossa festa anual, os técnicos da comunicação, devidamente equipados, gravam as histórias e os factos narrados na "mesa redonda" e depois publicam regularmente os episódios. Depois de filtrados, claro. Para todos um abraço do Paulo.

    ResponderEliminar
  3. O meu Pái não pode estar presente, uma ez que faleceu em 2009 ,mas gostaria imensso de vós conhecer a todos , sei que ele gostaria muito. Não sei qual era o posto que ele exercia, apenas quero fazer alguma coisa...

    Ele chamava-se Adriano Matias, mas julgo que todos o conheciam por (Santana, ou Coruche).

    Espero resposta de algum de vós.

    ResponderEliminar
  4. Lamento a morte do nosso camarada Adriano Matias, pela minha parte e julgo de todos nós que ele se encontre em paz num bom lugar e eterna saudade. Foi bom ter-nos avisado mas já agora gostaria de saber o seu nome completo e a sua direcção para poder convida-lo para o próximo convívio que se vai realizar novamente em Coimbra no dia 6 de Maio do próximo ano. Teria-mos todo o gosto em recebe-lo.
    Um grande abraço do Ex. Furriel Santa

    ResponderEliminar
  5. Os meus sentido pêsames pela morte de seu pai.
    Se é o Matias que conheço, pois acho que não havia mais nenhum com esse apelido, deixe-me que lhe diga que era bom de bola, grande jogador e grandes exibições nas "futeboladas" à noite no ringue em António Enes!!

    ResponderEliminar