quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

PEDIDO

Ainda alguém se lembra do “milicía socorrista” João Baptista, do Lione? Encontrei uma carta que me dirigiu, fazendo um pedido, que já não me recordo se lhe dei………………Como muitos de nós recordamos, um dos grandes “problemas” era a sede……………..
img739

3 comentários:

  1. Antes de tudo apraz-me saudar o tão esperado regresso do "progenitor" deste blog, o amigo e (ex-)camarada Manel Magalhães... e logo com um brilhantíssimo exemplo do género epistolar. Isto é para calar as "bocas" dos que desdenham a nossa "missão civilizadora" !!!
    Não sei que despacho deste ao requerimento, mas lá que ele merecia um barril cheio de "água de Lisboa", não tenho dúvidas...
    Mas o evento deve ter ocorrido, não no Lione, mas antes em CHALA, de que deverias ser, ao tempo, digníssimo COMANDANTE MILITAR !!!
    Não me lembro do nome, mas o socorrista habitava, creio, uma "rolotte" estacionada debaixo de uma árvore. Não sei se era o mesmo que dava sumiço ao álcool dos primeiros socorros, ingerindo-o, provavelmente diluído em água...

    ResponderEliminar
  2. Ora seja mt. bem aparecido Sr. Presidente do Blog. Antes do mais, os desejos de um Bom Ano com a realização plena de todos os seus desejos.
    Quanto à carta do "profeta" João Baptista, considero-a uma obra de arte digna de museu, desde a qualidade ortográfica passando pelo estilo da caligrafia, talvez o Soares tenha razão ao dizer que este personagem "pregava" no Chala e não em Lione, pois dele nunca tive conhecimento se não agora! E deixe que lhe diga, deu-me um grande gozo a leitura da carta.
    Quanto ao amigo Magalhães ter um espirito "caratativo" ninguém duvidará disso. Sempre o conheci como uma pessoa benevolente e de boa vontade e, acima de tudo, caridoso q.b.!
    Agora, o que não sabia é que esse seu espirito caridoso satisfazia os pedidos do "profeta" com o barril mais à mão!!!
    A Biblia, segundo Mateus, capitulo 3, diz: "Confia na benevolencia do espirito caratativo e na boa vontade daqueles que te matam a sede"!!
    E lá ficava mais um baptizado nas margens do Jordão!
    Da minha parte amigo Magalhães o meu mt. obrigado pela ideia incrivel e volte mais vezes.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Olá pessoal.
    Se bem me lembro e espero não estar enganado, este nosso amigo Baptista foi aquele que ingeriu os cinco litros da "água de fogo" a 90º na tenda que estava montada em frente das nossas instalações em Lione e que servia de enfermaria da população. Não sei se foi este nosso amigo que andou uma semana empenado com a sova que lhe deu o administrador de Chala (confissões no tribunal de acção sumária). Mas a carta tem uma grande pinta e digamos que o nosso amigo Magalhães tem um grande tesouro ortográfico. Um abraço do Paulo

    ResponderEliminar