sexta-feira, 22 de maio de 2009

Quem se lembra?


Foi no dia 22 de Agosto de 1969, na ponte sobre o Rio Licoco.

O material que estava na Ponte sobre o Rio Licoco e que foi "levantado" - uma mina incendiária de 2kg, uma bomba de avião, presumivelmente de um T6, cerca de 20kg de trotil, que enchia totalmente uma caixa de cartão das latas de cerveja "Laurentina". Esta fotografia foi tirada após o regresso ao Destacamento do Luatize.
Agosto de 1969

3 comentários:

  1. Fosca-se quem não punha lá as mãozinhas era eu!!!!!!!
    Quem é o herói?? Há que lhe prestar também uma homenagem!! Bem merecida.


    Quanto ao espólio, o dinheirinho que a gente fazia se o vendesse agora na Feira da Ladra!!
    É só trotil!!
    Esta história é aquela do "gajo" que descobriu 80 "sabonetes" por dar um pontapé numa pedra????

    ResponderEliminar
  2. Vinha eu de férias para cá, isto em fins de Novembro ou inicios de Dezembro de 1969, quando estava a fazer o "chek-in" no balcão da TAP no Aeroporto da Beira e alguém, que não me lembro quem foi, chegou junto de mim e deu-me estas duas fotografias, tiradas quando au estava a "levantar" este material todo, metido num buraco do pilar da ponte sobre o Rio Licoco.... Só sei que quem me deu estas fotografias, estava na coluna que transportava uma companhia ou batalhão (já não me lembro) e se dirigia a Nacala para embarcar de regresso, no fim da Comissão! E chegou a tempo de embarcar porque tudo foi desactivado e levantado possibilitando assim atravessar a ponte sem qualquer dano. Lembro que eram uns kilos de trotil (enchiam totalmente uma caixa de cervejas, onde foram transportados, até Tenente VAladim), uma bomba de avião (pesadíssima!!!!)e ainda uma mina incendiária com 2kg! Se tivesse rebentado a ponte desaparecia.......

    ResponderEliminar
  3. Afinal, está desfeito o "tabú". O aventureiro que está a brincar aos castelos de areia na praia é simplesmente o nosso Magalhães!! Volto a dizer: "Fosca-se"!! Ganda maluco!! E diz ele com a maior naturalidade: "Se tivesse rebentado a ponte desaparecia....." !! Só que se esqueceu de dizer: "se rebentasse eu ia também pro espaço" !!
    A habitual humildade dos heróis!!
    Uma coisa assim, só vi no filme "Rambo no Vietnam".
    Mas continuo ainda sem entender bem. Os sapadores não eram só os praças, eventualmente, os cabos??

    ResponderEliminar